ALMG - SOU MINAS DEMAIS

Notícias

Homem de 42 anos morre em hospital de Belo Horizonte com suspeita de febre amarela

Por Redação, 24/01/2018 às 11:38

Texto:

A febre amarela pode ter feito mais uma vítima em Minas Gerais. Nessa segunda-feira (22), um homem de 42 anos morreu com suspeita da doença enquanto estava internado no Hospital das Clínicas, em Belo Horizonte. 

A situação está sendo investigada pelas autoridades de saúde e ainda não consta no último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), divulgado nesta terça.

Segundo familiares, o homem, que morava na capital, viajou no último fim de semana para um sítio em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com nota divulgada pelo Hospital das Clínicas, “o paciente deu entrada no último dia 20, após ser transferido do Hospital Madre Tereza apresentando insuficiência renal, respiratória, hepática e circulatória graves e um quadro suspeito de febre amarela".

Boletim

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) divulgou na tarde desta terça-feira que já foram confirmados 25 mortes e 47 casos de febre amarela em Minas desde meados do ano passado, uma taxa de letalidade de 53,2%. Outros 99 casos são investigados.

Dos infectados, 44 são homens e três são mulheres. Ainda não há relato de vacinação entre as pessoas que contraíram a doença. Segundo a SES-MG, cerca de 82% da população mineira já está vacinada, e a estimativa é de que 3,5 milhões de pessoas ainda precisam se imunizar.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O repórter João Felipe Lolli, da Itatiaia, acompanha a situação de Barão de Cocais, onde pode romper a barragem da… https://t.co/AWe92EpJ6s

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O repórter João Felipe Lolli acompanha a situação de Barão de Cocais, onde há risco de rompimento da barragem da mina Gongo Soco.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O repórter João Felipe Lolli acompanha a situação de Barão de Cocais, onde há risco de rompimento da barragem da mina Gongo Soco.

    Acessar Link