Notícias

Governo de MG diz que detentos gastam 88% de água a mais que cidadão livre e limitará uso

Por Redação, 29/11/2019 às 16:41
atualizado em: 29/11/2019 às 16:47

Texto:

Foto: Itatiaia
Itatiaia

A água ficará à disposição dos detentos nos presídios mineiros por 6 horas por dia. A informação foi anunciada na tarde desta sexta-feira pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). Segundo o órgão, cada preso gasta, em média, 88% do líquido a mais do que um cidadão em liberdade.

Leia a íntegra da nota da Sejusp:

A limitação do uso de água pelos detentos nas unidades prisionais do Estado é uma medida de gestão que busca eficiência no setor público, sem desperdício do dinheiro do contribuinte e com a garantia da manutenção dos direitos dos presos e da pessoa humana.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) ressalta que serão garantidas seis horas de utilização da água. Também salienta que as individualidades das pessoas em privação de liberdade serão preservadas, sendo situações diferenciadas - como de grávidas, de unidades em regiões historicamente mais quentes do Estado ou com superlotação acima da média estadual - estudadas caso a caso.

A restrição do uso da água não trará prejuízos aos trabalhos de humanização e ressocialização realizados dentro das unidades prisionais. Atualmente, o gasto médio de água de um detento custodiado pelo Estado, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, supera em 88% o total de água gasto por um mineiro que não está preso.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link