Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

Homens do exército já estão em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, na Região Central de Minas, para ajudar nos trabalhos de resgate das vítimas atingidas pelo rompimento de duas barreiras na mineradora Samarco, na tarde dessa quinta-feira.

Tragédia em Bento Rodrigues

Por Editoria de web, 30/07/2016 às 04:49

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Distrito de Bento Rodrigues ficou destruído (Hugo Cordeiro Agência Nitro Estadão Conteúdo)
Distrito de Bento Rodrigues ficou destruído (Hugo Cordeiro Agência Nitro Estadão Conteúdo)


Homens do exército já estão em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, na Região Central de Minas, para ajudar nos trabalhos de resgate das vítimas atingidas pelo rompimento de duas barreiras na mineradora Samarco, na tarde dessa quinta-feira.

Oito militares exército fazem um mapeamento da região atingida pela tragédia para identificar os locais onde possam ter vítimas e pessoas isoladas. Eles participam de uma reunião com outras autoridades no ginásio de Mariana, onde estão 150 desabrigados.

O governo federal colocou à disposição de Minas o Exército, a vigilância sanitária nacional e toda a estrutura da União para ajudar na localização das vítimas e no amparo às famílias.

As informações sobre o número de vítimas ainda são desencontradas. Até o momento, uma morte foi confirmada e 16 pessoas estão desaparecidas. 

Leia também:

Ginásio de Mariana já recebe doações para famílias que perderam suas casas

Funcionários fogem ao perceberem rompimento de barragem em Minas

Lama já atinge distrito de Barra Longa, que fica a 60 km do local do rompimento

Autoridades irão para distrito de Mariana, local de rompimento de barragem

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link