Notícias

A queda dos preços dos imóveis localizados na região Sul de Belo Horizonte, cada dia maior, devido a falta de compradores, promete movimentar o mercado imobiliário da capital.

Em até 20%

Por Editoria de web, 07/08/2016 às 11:39

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00


Imóveis terão preços mais baixos na zona sul da capital mineira (Divulgação)

A queda dos preços dos imóveis localizados na região Sul de Belo Horizonte, cada dia maior, devido a falta de compradores, promete movimentar o mercado imobiliário da capital.

"Belo Horizonte tem um mercado que tem um certo limite. Empresários, durante o boom imobiliário, vendo a possibilidade de lucrar, acabaram abrindo construtoras e fazendo prédios em excesso, como na região de Alphaville e Villa da Serra, por exemplo. Tem edifícios com até 600 unidades e não existe demanda para ocupar esses imóveis", afirmou Kênio Pereira, presidente da Comissão de Direito Imobiliário da Ordem dos Advogados do Brasil, em Minas Gerais (OAB-MG).

Ainda, de acordo com Kenio Pereira, a expectativa é que o preço dos imóveis diminua em até 20%. O advogado ainda alerta para uma mudança importante realizada na venda de novos prédios e edifícios.

"Um outro fato que de ver ser destacado é que, um imóvel na planta, por ser uma entrega futura,  sempre foi mais barato que o imóvel pronto. No entanto, hoje acontece o contrário, já que as construtoras não podem parar os trabalhos, por terem um preço fixo, mesmo com a queda de vendas", destacou.

Ouça a reportagem de André Santos

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link