Notícias

Empate em clássico preparatório para o Campeonato Mineiro

Confronto terminou em 2 a 2

Por Alexandre Simões, 30/03/2021 às 16:17
atualizado em: 30/03/2021 às 16:17

Texto:

Foto: Divulgação/web
Divulgação/web

Em 1958, foi realizado o primeiro Campeonato Mineiro. De 1915 a 1957, o que se tinha era a disputa do Campeonato da Cidade, com times de Belo Horizonte e Região Metropolitana, competição que foi equiparada ao Estadual pela Federação Mineira de Futebol (FMF) por ser a única regular que se tinha em Minas Gerais.

O Cruzeiro carregava a esperança de encerrar um longo jejum sem levantar a taça, pois a última conquista de forma individual tinha sido em 1945, já que o título de 1956 foi dividido com o Atlético, mas numa decisão da Justiça, já que o rival escalou um jogador de forma irregular na final direta entre eles.

O Galo tinha como objetivo recuperar a hegemonia estadual, pois em 1957 ficou de fora até da final, disputada entre América, que foi campeão, e Democrata, de Sete Lagoas.

Na preparação para o primeiro Campeonato Mineiro, os dois rivais disputaram um amistoso no Independência, que terminou empatado por 2 a 2. Foi o terceiro confronto entre eles na temporada e o saldo era de duas vitórias celestes e este empate. Nos jogos oficiais, a “sorte” virou de lado, e os atleticanos levaram a melhor, ganhando duas vezes e perdendo uma.

A FICHA DO JOGO
CRUZEIRO 2
Genivaldo; Vavá e Nilson Santos; Pireco, Amauri de Castro e Joe; Raimundinho, Dirceu, Pelau, Haroldo e Nívio. Técnico: Danilo Alvim

ATLÉTICO 2
Edgard; William e Benito; Haroldo (Grilo), Barbatana e Amorim; Márcio (Hilton Chaves), Paulinho (Nilson), Alvinho (Zezinho) e Dino. Técnico: Newton Anet

DATA: 30 de março de 1958
LOCAL: Independência
MOTIVO: Amistoso
GOLS: Dirceu Pantera, aos 16 minutos do primeiro tempo; William, aos 5, Nívio, aos 15, e Barbatana, aso 35 minutos do segunda tempo
ARBITRAGEM: José Lage Filho
CARTÃO VERMELHO: Haroldo (Cruzeiro)
RENDA: Cr$ 294.820,00

MAIS HISTÓRIA
NASCIMENTO: Em Santos Dumont (MG), em 1958, nasce Renato Queiroz, ponta-de-lança revelado nas categorias de base do Atlético e que foi um dos parceiros de Reinaldo nos anos 1980. Ele disputou 213 partidas pelo Galo e marcou 29 gols, quatro deles contra o Cruzeiro.

Seu momento mais marcante no clássico foi em 5 de dezembro de 1982, quando os dois rivais se enfrentaram no Mineirão pela última rodada do octogonal decisivo do Campeonato Mineiro daquela temporada.

O Atlético, que buscava o pentacampeonato em sequência, tinha um ponto a mais e precisava apenas do empate para ser campeão. O Cruzeiro tinha de vencer e saiu na frente, com um gol de Tostão II, mas Renato Queiroz empatou o jogo aos 45 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Reinaldo fez 2 a 1 E O Galo levantou a taça.

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube


Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link