Notícias

O militar ressalta que alguns movimentos já confirmaram que vão sair em passeata pelas ruas e avenidas da capital no período da tarde, situação que deve complicar ainda mais o trânsito.

Caos no trânsito de BH

Por Agência Estado, 31/07/2016 às 22:52

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

A Polícia Militar (PM) recomenda que motoristas evitem transitar pela região central de Belo Horizonte nesta sexta-feira. Em razão de manifestações a favor da Petrobras e do governo Dilma Rousseff, a previsão é de trânsito complicado em vários pontos da capital. A PM já informou que não vai permitir a interdição completa das avenidas. Mesmo assim, os protestos devem provocar caos no trânsito.

“Na verdade, a gente tem a previsão de grandes eventos na região central. Em decorrência disso, teremos fechamentos de algumas vias da capital a partir das 7 horas da manhã”, avisou o tenente-coronel Cássio Soares, comandante do Batalhão de trânsito de BH.

O militar ressalta que alguns movimentos já confirmaram que vão sair em passeata por ruas e avenidas da capital no período da tarde, situação que deve complicar ainda mais o trânsito justamente no horário de pico. “A gente procura orientar os motoristas para não transitem pela região central, porque realmente teremos um trânsito extremamente complicado”, prevê o militar.

De acordo com o tenente-coronel, o MST e o Movimento dos Atingidos pelas Barragens vão se concentrar na Praça da Assembleia às 10h. “A partir das 14h, eles devem iniciar um deslocamento pela Avenida Álvares Cabral, com um ato na Praça Afonso Arinos, e depois chegar até a Praça Sete”, informou. 


Em razão do cancelamento da agenda da presidente Dilma Rousseff em BH, prevista para esta manhã no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a Avenida Afonso Pena não será mais fechada. Apesar disso, o esquema de segurança da PM foi mantido, uma vez que o vice-presidente Michel Temer substituirá Dilma no evento de hoje.


BR-381

Além de Belo Horizonte, há manifestações confirmadas para várias cidades da Região Metropolitana. Em Betim, um grupo de pessoas fechou completamente a BR-381 nesta manhã. Por volta das 7h20, a passeata chegou à Refinaria Gabriel Passos.

O protesto é organizado pela Federação Única dos Petroleiros (FUP), filiada à Central Única dos Trabalhadores (CUT). Os manifestantes querem que a Petrobras mantenha os investimentos e continue gerando empregos. Além disso, o movimento quer a reforma no sistema político e o fim do financiamento privado de campanhas.


Ouça a entrevista do tenente-coronel com Edilene Lopes

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link