Sulamerica - Maxiboard - Internas

Notícias

Em carta, Rodrigo Pacheco comunica saída do MDB para se filiar ao DEM

Por Agência Estado, 13/03/2018 às 20:04

Texto:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara o deputado federal Rodrigo Pacheco (MG) divulgou nesta terça-feira uma carta comunicando sua desfiliação do MDB. O deputado formalizará sua filiação ao DEM na próxima segunda-feira, 19, em um grande evento com a presença em Belo Horizonte do presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), pré-candidato à Presidência da República. Pacheco deve ser o pré-candidato da legenda ao governo de Minas nas eleições deste ano.

Pacheco se destacou nos últimos anos após ser cotado para assumir o Ministério da Justiça no governo Michel Temer e comandar a CCJ. Em 2017, a comissão ganhou os holofotes durante a votação dos dois pedidos da Procuradoria Geral da República (PGR) de abertura de processo contra Temer. Na primeira votação, Pacheco indicou Sérgio Zveiter (Pode-RJ), um parlamentar independente, para relatar o pedido. Na segunda denúncia, o mineiro escolheu o governista Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) para a missão. Nas duas ocasiões, o plenário rejeitou o prosseguimento das denúncias.

Na carta, Pacheco diz que comunicava a desfiliação com "aperto no coração". "Tenho a plena e tranquila consciência que honrei a agremiação com um mandato de deputado federal digno, bem aprovado e a serviço do interesse público", diz a mensagem de despedida. "Até mesmo nos momentos de divergência ideológica mais agudos, como a que agora motiva minha saída, mantive o respeito absoluto aos meus pares, algo próprio da minha personalidade", completou.

Pacheco afirma que percorreu o Estado junto com o vice-governador Antônio Andrade (MDB) e com colegas de legenda que defendiam uma candidatura própria do MDB em Minas Gerais, mas que esse esforço não teve resultado. "Infelizmente, prevaleceram outras forças do partido, que levarão à reedição da equivocada aliança com o PT na eleição desse ano", escreveu. 

Durante o período de janela que permite aos parlamentares trocarem de agremiação partidária, o MDB vem se destacando pela quantidade de deputados perdidos nos últimos dias. O MDB fluminense, maior bancada do partido na Casa, sofreu as maiores defecções: já anunciaram a saída Laura Carneiro (para o DEM), Altineu Côrtes (de volta ao PR), José Augusto Nalim (para o DEM) e Celso Pansera (que foi para o PT). Alexandre Serfiotis e Soraya Santos negociam a migração para o DEM.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️Pablo vê título da Sul-America como coroação de trajetória no Atlético-PR: 'Indescritível':… https://t.co/1VHtBnsPMv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    🚑PRIMEIRAS INFORMAÇÕES: Entre os feridos, três estão em estado grave. A BR-267, na altura do Km 237, está fechadas nos dois sentidos.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "No que for possível, sei que está engessado no artigo sétimo (da Constituição), mas tem que se aproximar da informalidade", disse . O artigo 7º trata dos direitos dos trabal...

    Acessar Link