Notícias

Drones são usados no combate ao mosquito Aedes aegypti em Belo Horizonte

Iniciativa é uma parceria da PBH com a Vale. Ação recebe investimento de R$ 7,8 milhões e está sendo custeada pela mineradora

Por Redação, 25/05/2021 às 17:38
atualizado em: 26/05/2021 às 15:14

Texto:

Foto: Vale
Vale

Mesmo em meio aos esforços para o controle e prevenção à Covid-19, os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya, continuam na capital. Para prevenir essas doenças, a Vale assinou com a Prefeitura de Belo Horizonte um termo de compromisso para contratação de uma empresa especializada no uso de drones para atuar no controle do mosquito em áreas de difícil acesso. A ação recebe investimento de R$ 7,8 milhões, com duração de 24 meses, e está sendo custeada pela mineradora.

O projeto foi iniciado em 2019 nos municípios de Brumadinho e Mário Campos e em 2020 em Belo Horizonte. A iniciativa faz parte do plano ação da Vale em apoio à saúde pública, como explica Gleuza Jesué, Gerente Executiva de Reparação: “A Vale vem intensificando cada vez mais a sua parceria com instituições, órgãos estaduais e órgãos federais, no sentindo de apoiar a saúde, que é um tema fundamental para todos nós. Cuidar das pessoas, estimular o cuidado ativo e genuíno é fundamental para que possamos continuar nossas atividades. Esse trabalho, junto com a Prefeitura de Belo Horizonte, é uma parceria que vem ratificar esse nosso objetivo interno de apoio à saúde pública. Ele é de fundamental importância para toda a região metropolitana. Isso traz melhor e maior qualidade de vida para as pessoas”.

Por meio do uso dos drones é possível mapear potenciais criadouros em locais difíceis de serem acessados pelos Agentes de Combate a Endemias (ACEs), como imóveis vazios, telhas e lajes de empreendimentos. A operação é coordenada e fiscalizada pela Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte.

Após análise de cada situação pelas equipes da Prefeitura e confirmada a impossibilidade da realização das medidas de eliminação dos criadouros pelos agentes de campo, é iniciada uma segunda etapa do processo, com a devida autorização do proprietário do imóvel. Nesta fase, o produto utilizado no combate às larvas é acoplado ao drone e lançado no local identificado, na dosagem indicada pelo Ministério da Saúde. A substância não é tóxica e não traz nenhum prejuízo ao meio ambiente, além de ser aprovada pela ANVISA e recomendada pela Organização Mundial da Saúde para o combate ao Aedes aegypti.

Eduardo Viana Vieira Gusmao, Diretor Zoonoses da Prefeitura de Belo Horizonte, explica a importância do projeto e reforça que essa parceria é uma forma de auxiliar e ampliar o trabalho dos agentes: “A prevenção e o controle das arboviroses transmitidas pelo Aedes aegypti, como dengue, Zika e Chikungunya estão hoje dentre os grandes desafios enfrentados pela saúde pública. Diante desse fato nós temos a percepção da importância do trabalho dos agentes de combate às endemias, que levam orientação à população. Para auxiliar o trabalho desses agentes de campo, a prefeitura tem sempre buscado alternativas que possibilitem maior efetividade e um ganho em termos de possibilidade de intervenção mais oportuna. A parceria estabelecida pelo município de Belo Horizonte com a Vale e a com a empresa Andrones, possibilitou então cada vez mais o aprimoramento dessa ferramenta, o diagnóstico e, consequentemente, a possibilidade de programação de intervenções em cada local onde fossem identificados potenciais focos do mosquito”.

Toda a cidade está sendo mapeada e os criadouros tratados, conforme necessidade identificada pela Secretaria Municipal de Saúde. A iniciativa não interfere nas demais ações desenvolvidas pelo município e não substitui as inspeções semanais que cada morador deve realizar para eliminar os potenciais criadouros como prato de vasos de plantas, caixas d ‘água destampadas e calhas entupidas, por exemplo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link