Sulamerica - Maxiboard - Internas

Notícias

Donald Trump assina decreto e impõe tarifas sobre a importação de aço e alumínio

Por Agência Estado, 08/03/2018 às 19:55

Texto:

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou hoje um decreto impondo tarifas de 25% sobre a impostação de aço e de 10% sobre a de alumínio, em uma cerimônia na Casa Branca. A tarifação entrará em vigor em 15 dias e não vale para o México e para o Canadá, que negociam com Washington uma revisão do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta na sigla em inglês).

Ao lado do vice-presidente, Mike Pence; do secretário de Comércio, Wilbur Ross; do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin e de trabalhadores metalúrgicos, Trump disse que a medida está sendo tomada para proteger a indústria americana. "Hoje eu estou defendendo a segurança nacional ao impor tarifas sobre aço e alumínio", disse. "A indústria de aço é vital para a economia; se você não tem aço, você não tem um país", acrescentou. 

O presidente observou que "os países que nos tratam bem serão tratados com justiça", sugerindo que negociações poderão ser feitas caso a caso. Ele citou a competição injusta da indústria metalúrgica da China, da Índia e do Japão, que tarifam produtos americanos e fabricam automóveis baratos que prejudicam montadoras americanas, aproveitando-se de vantagens injustas. 

Como sempre, o líder americano reclamou dos déficits comerciais que seu país amarga com outras nações e disse que essa situação terá um fim. "Nós só queremos justiça". "Queremos acordos que sejam justos e recíprocos", afirmou. 

Sobre o relacionamento com o governo chinês, Trump disse que tem uma boa relação com Pequim e elogiou o presidente Xi Jinping. No entanto, ele disse que o desequilíbrio comercial entre os dois países não será mais tolerado". 

Apesar de isentar seus vizinhos, México e Canadá, da tarifação, Trump condicionou a isenção ao fechamento de um acordo sobre o Nafta. Ele alertou que se um bom acordo não for firmado, esses países também serão tarifados. 

Segundo o republicano, todos os presidentes americanos entendiam da necessidade de se ter uma base industrial independente e comentou que embora os políticos soubessem da "situação injusta do seu país" na questão comercial, "nada foi feito até agora". 

Ao convidar trabalhadores metalúrgicos para deporem sobre a situação da indústria, que segundo Trump está em declínio no país, o presidente disse que o aço americano tem qualidade superior e convidou todas as empresas a comprarem aço americano.

Apesar da imposição de tarifas, Trump enfrenta a oposição de vários republicanos. Nesta semana, o diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Gary Cohn, renunciou ao cargo. Ele se opunha ao plano de tarifação.

Brasil 

A medida de Trump de sobretaxar em 25% suas importações de aço é uma promessa de campanha do presidente para a indústria siderúrgica local. A decisão prejudica fortemente as exportações do Brasil, que é o segundo maior fornecedor em volume daquele mercado.

O principal argumento de integrantes do governo brasileiro e da indústria siderúrgica nacional para tentar livrar o produto nacional da limitação é que 80% do que o Brasil exporta para o mercado americano são produtos semiacabados de aço. Ou seja, são insumos para a própria indústria siderúrgica local, que Trump quer proteger. Além disso, dada a complementaridade das cadeias produtivas, o produto brasileiro não representa risco à indústria local, nem à segurança dos Estados Unidos. 

Outro ponto levantado pelos brasileiros é que a indústria siderúrgica nacional utiliza carvão americano na sua produção. Ou seja, a restrição prejudicaria os dois lados do comércio.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Ministério de Bolsonaro terá mais militares do que em 1964: https://t.co/sD6HDUip4B https://t.co/eMoe55CzvJ

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Comparado aos outros governos que sucederam o general, o do presidente eleito está no mesmo patamar da gestão do general Emílio Garrastazu Médici, que tinha sete ministros mil...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    As armas estavam dentro de uma sacola em um matagal na BR-040

    Acessar Link