Unimed - Hospital Betim - Internas

Notícias

Vale vai arcar com recursos e equipamentos para Polícia Militar, Defesa Civil e municípios

Por Redação/ Agência Minas, 03/04/2019 às 15:19
atualizado em: 03/04/2019 às 15:34

Texto:

Por determinação do governador Romeu Zema foi assinado nesta quarta-feira um documento que garante que a mineradora Vale arque com recursos para cobrir despesas e prejuízos contabilizados pelo governo estadual e municípios afetados pelo rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho.

As doações previstas não têm relação com o bloqueio de bens da empresa que o Estado obteve na esfera judicial, já no mesmo dia do rompimento, na ordem de R$ 1 bilhão, e com as indenizações ainda a serem calculadas às famílias das centenas de vítimas do desastre. 

Segundo o protocolo de intenções, assinado por representantes das forças de segurança pública do Estado e da diretoria da Vale, a mineradora se compromete a fazer doações de recursos e equipamentos. Para a Polícia Militar de Minas Gerais, há o compromisso de doar 38 viaturas do tipo perua (station wagon) e dez camionetes com rádios comunicadores. 

Para a Defesa Civil, órgão diretamente vinculado ao Gabinete do Governador e que coordena o trabalho nas áreas atingidas pelo rompimento, serão doados R$ 5 milhões para aquisições de equipamentos, como veículos e outros bens, além da capacitação dos militares que participaram direta e indiretamente da maior operação de busca e salvamento já realizada no Brasil.

Para os municípios afetados, o protocolo de intenções foi assinado por intermédio da Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil (Amig). Segundo o documento, a Vale se compromete a prestar auxílio, na forma de doações de caráter emergencial e pontual, em valor ainda a ser definido, após diálogos com cada um dos municípios onde há a atividade minerária afetada pelo rompimento. O objetivo é reduzir impactos sociais e econômicos desse período de transição regulatória da extração mineral e de paralisação temporária das atividades produtoras nestas cidades.

A medida vai atender dez municípios: Barão de Cocais, Belo Vale, Congonhas, Itabirito, Mariana, Nova Lima, Ouro Preto, Rio Acima, São Gonçalo do Rio Abaixo e Sarzedo. Brumadinho já foi a primeira cidade a receber o aporte.

Também participaram do ato de assinatura o vice-governador de Minas, Paulo Brant; o presidente do Sistema Fiemg, Flávio Roscoe; entre outras autoridades.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Após quase quatro horas de reunião com ministro, caminhoneiros descartam greve: https://t.co/mtdeuEaw9X https://t.co/5ooUqtD4nT

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Categoria ouviu a promessa de que o governo vai fiscalizar o cumprimento da tabela de preços mínimos para o frete rodoviário

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽ Em entrevista exclusiva à Itatiaia, Adriano Aro disse que não houve um único motivo para o desligamento de Giuliano Bozzano da chefia de arbitragem: “Foi uma soma de fatores”

    Acessar Link