Notícias

Dia Mundial do Rim: especialistas alertam para perigos das doenças renais

Por Jacqueline Moura/ Itatiaia, 14/03/2019 às 12:28
atualizado em: 14/03/2019 às 12:35

Texto:

Foto: Agência Brasil
Agência Brasil

O Dia Mundial do Rim é lembrado nesta quinta-feira e tem o objetivo de alertar a população sobre a importância da prevenção de doenças renais. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia, 70% dos pacientes que se encontram em hemodiálise descobriram a doença em estágio avançado.  Atualmente, admite-se que a doença renal crônica atinge 10% da população mundial. 

Devido ao uso excessivo de anabolizante, Romeu Barbosa de Amorim, de 35 anos, sofreu de insuficiência renal em 2015. Descobriu que os rins estavam atrofiados. O médico indicou o tratamento com hemodiálise para o resto da vida e o paciente foi transferido para o Hospital da Baleia, referência em transplante de rim no Estado de Minas Gerais. Foram 10 meses de tratamento e a recomendação médica era o transplante. Foi transplantado e atualmente faz acompanhamento, uso de medicação e cuida muito bem da saúde.

Para os que perderam algum parente e estão na dúvida se devem ou não fazer a doação do órgão, Romeu deixa uma mensagem: “autorizem sem medo, vocês estarão salvando vidas; as pessoas que dependem dos órgãos doados têm sonhos, vale a pena salvar a vida deles, fazê-los feliz. A não doação dos órgãos é um ato egoísta, porque, infelizmente, quem se foi não volta mais. E para aqueles que precisam da doação, digo que se existe 1% de chance acredite”, reforça.

A coordenadora do departamento de Nefrologia do Hospital da Baleia, Mitico Yokota, ressalta que o rim é um órgão fundamental para o corpo, pois através dele são eliminadas as impurezas evitando o acúmulo de substâncias tóxicas ao organismo. “Quando os sintomas aparecem é porque o problema renal está avançado, por isso a importância da prevenção. Controlar bem hipertensão arterial e diabetes, que são as principais causas de falência renal”, alerta.

Outros cuidados também devem ser tomados. Consumir pouco sal nos alimentos, beber bastante água, manter alimentação saudável, praticar exercícios físicos com regularidade, não fumar, manter peso adequado, medir constantemente a pressão arterial e evitar a automedicação e o uso abusivo de remédios.

Sintomas de doenças renais

O Hospital da Baleia ainda alerta para os sintomas das doenças renais: hipertensão arterial, urina com sangue, urina com espuma, presença de proteínas na urina, edemas, eliminação de urina muito clara (como água) e anemia.

Quando a enfermidade está muito avançada, pode haver perda do apetite, náuseas, vômitos, cãibras, coceira, perda de memória, falta de concentração, tremores, insônia ou sonolência. Em casos de aparecimento dos sintomas, o paciente deve procurar um especialista imediatamente. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ #Cruzeiro: Deportivo Lara já chegou em Confins. Time treina nesta terça e fecha a preparação pro jogo de quarta… https://t.co/4TmeXZTyW4

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽A definição dos jogos das semifinais do Estadual aconteceu na noite desta segunda-feira após a vitória do América por 2 a 0 sobre a Caldense, no Independência, pelas quartas ...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Coelho contou com uma bobeira da defesa da Veterana nos minutos finais para vencer a partida no Independência

    Acessar Link