20180819 - Unimed - Viver Bem - Interna 2

Notícias

Desgaste físico no início da temporada preocupa técnico Roger Machado no Palmeiras

Por Agência Estado, 22/01/2018 às 11:41

Texto:

O início de temporada, a sequência de jogos com um calendário apertado e um possível desgaste físico dos jogadores após poucos dias de pré-temporada preocupam Roger Machado. O Palmeiras jogou na última quinta-feira contra o Santo André, na capital paulista. Até o jogo deste domingo contra o Botafogo, em Ribeirão Preto (SP), o treinador não fez nenhum treino com bola.

Após a vitória por 1 a 0 no interior, o treinador revelou que a decisão de mandar a campo o mesmo time foi tomada horas antes do jogo, após uma reunião com a comissão técnica, onde o relatório dos preparadores físicos foi fundamental. Roger Machado ainda comemorou o fato de voltar a campo apenas na quinta-feira contra o Red Bull Brasil, no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

"Temos um dia a mais de descanso e se puder levá-los a campo para fazer pequenas correções nesta segunda-feira, revendo o jogos acharmos necessárias, a gente vai fazer. Vamos ver quem vai estar bem, descansado e recuperado, entender que é um terceiro jogo e também é um ponto importante a analisar. Três jogos em sete dias, oito dias. Faremos todas as avaliações. A decisão de colocá-los neste domingo e repetir a escalação foi tomada no almoço, porque as avaliações físicas estavam boas, mas precisamos falar com o atleta para saber como se sente de verdade, porque jogador quer jogar sempre", afirmou Roger Machado.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Cruzeiro paga Flamengo e Botafogo, mas dívida na Fifa preocupa, diz diretor - https://t.co/8Fnpe7bSYX https://t.co/5UMEgE8FnS

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Com 23 pontos, Atlético tenta se reabilitar no Brasileirão.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽"É difícil de falar. Parece que não pagou ninguém, nenhum atleta que foi contratado. Realmente nos preocupa muito”, diz Serginho, que culpa a gestão Gilvan de Pinho.

    Acessar Link