Notícias

Defesa de Temer entra com ação contra Joesley Batista por calúnia e difamação

Por Agência Brasil , 19/06/2017 às 16:14
atualizado em: 19/06/2017 às 21:53

Texto:

Foto: Agência Brasil
Agência Brasil

A defesa do presidente Michel Temer entrou nesta segunda-feira com uma ação na Justiça Federal em Brasília contra o empresário Joesley Batista, dono da JBS. Na ação, Temer pede que o empresário seja condenado pelo crimes de calúnia, difamação e injúria.  A ação foi movida após a entrevista do empresário à revista Época, publicada nesse fim de semana.

Segundo a defesa, a entrevista foi "desrespeitosa e leviana", além de ofensiva à pessoa do presidente. Para os advogados, as declarações de Joesley levam a sociedade a questionar a honradez de Temer.

"Na verdade, todos sabem o real objetivo do querelado [Joesley] em mentir e acusar o querelante [Temer], atual presidente da República: obter perdão dos inúmeros crimes que cometeu, por meio de um generoso acordo de delação premiada que o mantenha livre de qualquer acusação, vivendo fora do país com um substancial (e suspeito) patrimônio.", diz trecho da petição.

No fim de semana, após a publicação da reportagem, o presidente divulgou nota na qual disse que Joesley "desfia mentiras em série" e que o empresário é o “bandido notório de maior sucesso na história brasileira".

A ação será julgada pelo juiz federal Marcos Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal em Brasília.

‘Criminosos serão responsabilizados’, diz Temer em vídeo

Como resposta à nova onda de ataques desferidos pelo empresário Joesley Batista, o presidente Michel Temer gravou um vídeo no fim de semana no qual afirmou que os criminosos não ficarão impunes. Sem citar o nome do dono da JBS, Temer disse que seu governo acabou com "os favores que privilegiavam apenas algumas poucas empresas" e que sabe que a medida contrariou interesses.

"Cortamos as práticas que permitiam a criminosos crescer à sombra dos ilícitos e do dinheiro público jorrado sem limite e com juros camaradas. E muita gente não gostou disso", disse. "Já está claro o roteiro que criaram para justificar seus crimes: apontam o dedo para outros tentando fugir da punição. Aviso aos criminosos que não sairão impunes. Pagarão o que devem e serão responsabilizados pelos seus ilícitos", afirmou o presidente.

O vídeo, gravado no fim de semana, teve trechos divulgados nas redes sociais do presidente e foi publicado na tarde desta segunda-feira, 19, na íntegra. Em sua fala, apesar das críticas indiretas a Joesley, Temer afirma que não pratica retaliações. "Por tradição e formação, acredito na Justiça. Sempre respeitei a independência dos poderes. É assim que continuarei agindo", disse.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Participe da nossa jornada @Cruzeiro X @atletico Sub-20! Mande sua pergunta para o nosso comentarista Cadu Doné https://t.co/fn89MPyIZv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Suave na nave!!! https://t.co/qsnIUGc276

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    América empata, Inter vence e campeão da Série B será conhecido na última rodada - http://bit.ly/2jDgXUo

    Acessar Link