Notícias

Custo de um deputado estadual chega a R$ 169 mil por mês; são R$ 113 mil só para contratar 

Por Redação , 28/10/2019 às 07:29
atualizado em: 28/10/2019 às 14:39

Texto:

Foto: Willian Dias /ALMG
Willian Dias /ALMG

Cada um dos 77 deputados estaduais de Minas tem direito a R$ 113.031,45 por mês para contratar funcionários. Somado ao salário de R$ 25 mil, ao auxílio-moradia de R$ 4,3 mil e à verba indenizatória de R$ 27 mil, o custo mensal de um parlamentar para o contribuinte mineiro pode chegar a R$ 169 mil.

De acordo com a assessoria de comunicação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), cada deputado tem direito a ter até 23 servidores, com salários que vão de R$ 961,32 (jornada diária de 4 horas) a R$ 19.045,88 (8 horas por dia).  É como se cada gabinete fosse uma empresa de pequeno porte.

Se todos os deputados fizessem uso do dinheiro público disponível, o custo total por mês passaria de R$ 13 milhões. No entanto, esse valor não é exato já que alguns parlamentares abriram mão, por exemplo, do auxílio-moradia e não gastam a totalidade da verba indenizatória. 

Como a Itatiaia mostrou na semana passada, entre fevereiro e setembro deste ano, os deputados gastaram mais de R$ 11,3 milhões somente com a verba indenizatória, recurso legal usado para locação de imóveis, combustível, alimentação, divulgação de atividades e ações do mandato, locação de veículos, contratação de serviços de monitoramento de redes sociais, manutenção de veículos, entre outros. Do total gasto, quase 50% teve como destino abastecimento e locação de veículos. 

Leia também:

Eleitores reprovam gastos exorbitantes de deputados com verba indenizatória

Gasto de deputados com combustível e aluguel de veículos daria para comprar posto e 100 carros

Mesmo com Minas em crise, deputados gastam mais de R$ 11 milhões com verba indenizatória em 2019

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link