Notícias

Cruzeiro vence com show de Careca a final do turno do Mineiro de 1990

Por Alexandre Simoes, 01/04/2021 às 15:55
atualizado em: 01/04/2021 às 20:28

Texto:

Foto: Reprodução/TV
Reprodução/TV

Jogadores do Cruzeiro comemoram gol de Careca na partida

Os dois rivais se enfrentam na última rodada do primeiro turno do Campeonato Mineiro de 1990 empatados, com 26 pontos. Assim, o clássico entre eles, em 1º de abril, se transforma na decisão da etapa.

Dois jogadores foram os destaques da partida, ambas do Cruzeiro e isso explica a vitória celeste por 3 a 1, que foi aberta com um gol de Careca, o craque da partida, pois além deste gol fez jogadas sensacionais, levando a defesa atleticana à loucura.

O outro nome do jogo foi o volante Roberson, que fez o gol de empate do Atlético, contra, ao tentar cortar cobrança de escanteio de Éder, mas depois aproveitou um rebote na área alvinegro para decretar o 2 a 1 para a Raposa, que contou ainda com um tento de Hamilton, no último minuto.

A FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 3
Paulo César Borges; Balu, Gilson Jader, Adilson e Eduardo; Roberson, Paulo Isidoro, Careca; Heider, Luiz Gustavo (Hamilton) e Edson. Técnico: Ênio Andrade
ATLÉTICO 1
Maurício; Carlão, Cléber, Paulo Sérgio, Netinho; Éder Lopes, Marquinhos, Edu Zanelo; Newton (Mauricinho) (Altivo), Gérson e Éder Aleixo. Técnico: Artur Bernardes
DATA: 1 de abril de 1990
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Campeonato Mineiro
GOLS: Careca, aos 28 minutos do primeiro tempo; Roberson (contra), aos 17, Roberson, aos 31, e Hamilton, aos 45 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Alvimar Gaspar dos Reis, auxiliado por Raimundo Divino e José Eugênio
CARTÃO VERMELHO: Éder Aleixo (Atlético)
PÚBLICO: 59.917 pagantes
RENDA: Cr$ 4.287.145,00

MAIS HISTÓRIA
JOGO
: Atlético e Cruzeiro iniciam no Estádio Independência a decisão do Campeonato Mineiro de 2018. O Galo busca o bicampeonato em sequência, enquanto a Raposa tenta encerrar um jejum sem a taça do Estadual desde 2014.

No final do primeiro tempo, os atleticanos abrem 3 a 0, aproveitando uma pane da defesa cruzeirense nas bolas aéreas em sua área. No final do jogo, Arrascaeta faz o gol de honra celeste, que significaria depois a mudança de ruma daquela decisão.

A FICHA DO JOGO
ATLÉTICO
3
Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson (Arouca), Elias (Yago) e Cazares; Luan (Tomás Andrade), Ricardo Oliveira e Otero. Técnico: Thiago Larghi
CRUZEIRO 1
Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Federico Mancuello) e Thiago Neves; Robinho, Raniel (Sassá) e Rafinha (De Arrascaeta). Técnico: Mano Menezes
DATA: 1 de abril de 2018
LOCAL: Independência
MOTIVO: Campeonato Mineiro
GOLS: Ricardo Oliveira, aos 34, Adilson, aos 40, e Ricardo Oliveira, aos 44 minutos do primeiro tempo; Arrascaeta, aos 37 minutos do segundo tempo
ÁRBITRO: Dewson Fernando Freitas da Silva, auxiliado por José Ricardo Guimarães Coimbra e Helcio Araújo Neves, todos do Pará
CARTÃO AMARELO: Elias, Adilson e Ricardo Oliveira (Atlético); Sassá (Cruzeiro)
PÚBLICO: 21.215 pagantes
RENDA: R$ 580.025,00

JOGO: O clássico, pela penúltima rodada da fase classificatória do Campeonato Mineiro, é praticamente um “amistoso”, pois o Atlético já tinha assegurada a primeira colocação geral na rodada anterior, quando chegou à sua nona vitória consecutiva e viu o Cruzeiro ficar no 2 a 2 com o Uberlândia, no Parque do Sabiá.

De toda forma, o jogo entre eles, no Mineirão, foi quente. Logo a um minuto, contando com falha de Giovanni, Thiago Neves fez 1 a 0. Aos 26, Fred foi expulso por agressão a Manoel.

Arrascaeta aumentou para o Cruzeiro no início da etapa final, Elias diminuiu para o Atlético e o clássico ficou emocionante. No final, a vitória celeste serviu apenas para quebrar a invencibilidade do rival na competição, onde tinha 100% nas primeiras nove rodadas.

A FICHA DO JOGO
CRUZEIRO
2
Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Diogo Barbosa (Fabrício); Hudson, Ariel Cabral (Lucas Silva), Thiago Neves e Rafinha (Ramon Ábila); De Arrascaeta e Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.
ATLÉTICO 1
Giovanni; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Cazares (Luan) e Otero (Marlone); Fred e Robinho (Rafael Moura). Técnico: Roger Machado.
GOLS: Thiago Neves, a 1 minuto do primeiro tempo; Arrascaeta, aos 13, e Elias, aos 41 minutos do segundo tempo
DATA: 1 de abril de 2017.
LOCAL: Mineirão.
MOTIVO: Campeonato Mineiro.
ARBITRAGEM: Igor Júnio Benevenuto, auxiliado por Ricardo Junio de Souza e Felipe Alan Costa de Oliveira
CARTÃO VERMELHO: Fred (Atlético)
CARTÃO AMARELO: Ariel Cabral, Diogo Barbosa, Ezequiel, Rafael Sobis, Lucas Silva e Rafael (Cruzeiro); Marcos Rocha, Elias e Rafael Moura (Atlético)
PÚBLICO: 35.459 pagantes
RENDA: R$ 1.000.426,00

JOGO: Na preparação para a disputa do Campeonato da Cidade, os dois rivais disputam o segundo amistoso entre eles na temporada, que termina com mais uma vitória do Palestra Itália (Cruzeiro), por 3 a 1, no Barro Preto. Antes. E, 8 de fevereiro, os palestrinos já tinham feita 2 a 1 no Atlético no Estádio Antônio Carlos, em Lourdes.

A FICHA DO JOGO
PALESTRA
ITÁLIA 3
Geraldo, Raul, Jovem, Caieira; Álvaro, Calixto; Piorra, Carreiro (Souza), Carlos Alberto, Bengala, Alcides. Técnico: Matturio Fabbi
ATLÉTICO 1
Silva Pinto; Jaime Justo e Ewando; Jacyr, Odilon e Mário Gomes; Lello, Paulista, Naná, Said e Mauro (Guará). Técnico: Floriano Peixoto
DATA: 1 de abril de 1934
LOCAL: Barro Preto 
MOTIVO: Amistoso
GOLS: Alcides (2) e Piorra; Paulista
ARBITRAGEM: João Viola

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube


Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link