Notícias

Cruzeiro não mantém promessa de salários em dia com Luxemburgo e vê crise se agravar

Atletas paralisaram os treinos na Toca da Raposa em forma de protesto

Por Redação, 13/10/2021 às 14:21
atualizado em: 13/10/2021 às 19:08

Texto:

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Jogadores do Cruzeiro têm apoio do técnico Vanderlei Luxemburgo em cobrança por atrasos salariais

O noticiário esportivo do Cruzeiro aponta para greve dos jogadores por causa dos atrasos salariais, conforme informação antecipada pelo repórter Samuel Venâncio, da Rádio Itatiaia. O clube possui duas folhas de pagamento na CLT em aberto e três de direitos de imagem, referentes ao ano de 2021.

Alguns atletas, no entanto, ainda possuem valores a receber desde o ano passado. Funcionários da base e de outros setores do clube também convivem com os salários atrasados, que chegam a seis meses. Inclusive, trabalhadores com baixos vencimentos relatam com constância os atraso e têm recebido ajuda de atletas.

Com o conturbado momento financeiro, o clube celeste atesta não conseguir honrar com os pagamentos em dia, exigência feita pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, contratado como cartada final celeste para tentar o retorno à divisão de elite do futebol nacional em 2022. 

Quando o treinador acertou com a Raposa, no início de agosto, os salários, referentes a 2021, até julho ficaram em dia com ajuda do empresário Pedro Lourenço, proprietário do Supermercado BH e o principal investidor do clube. Contudo, o próprio mecenas fez críticas recentes ao presidente Sérgio Santos Rodrigues e exigiu mudanças no departamento de futebol. Em seguida, Rodrigo Pastana foi demitido do cargo de diretor de futebol.

Leia também: Pedrinho BH critica gestão de futebol do Cruzeiro: 'Não vou ficar salgando carne podre' 

Com a possibilidade à Série A ainda neste ano quase nula, a Raposa (11ª colocada, com 39 pontos — 9 de distância para o G-4) já começa a respirar um 2022 com a permanência de Luxemburgo ameaçada. O treinador quer ficar em Minas Gerais, contudo os atrasos salariais com o elenco podem ser entrave para o "fico" do técnico. 

Paralisação no Cruzeiro

Os atletas celestes não se reapresentar nesta quinta-feira (14), na Toca da Raposa II, quando estava previsto o início das atividades visando o jogo contra o Avaí, pela 31ª rodada da Série B, em forma de protesto contra os salários atrasados. 

Manifestação de jogadores por salários atrasados não seria inédito na história recente do Cruzeiro. Em janeiro deste ano, os jogadores chegaram a não se concentrar para a partida contra o Oeste, pela  34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro de 2020. 

Confira as principais notícias do Cruzeiro no canal da Itatiaia no Youtube


Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link