Notícias

Conmebol indica que Copa América de 2020 será disputada na Colômbia e na Argentina

Por Agência Estado, 13/03/2019 às 20:17
atualizado em: 13/03/2019 às 20:25

Texto:

A Conmebol confirmou nesta quarta-feira que a Copa América de 2020 será disputada mesmo na América do Sul, rejeitando oficialmente a proposta da Federação de Futebol dos Estados Unidos, que havia sugerido uma competição envolvendo todo o continente, como a Copa América Centenário, de 2016, em solo norte-americano. 

O convite já havia sido recusado no fim do mês passado, mas foi oficializado somente nesta quarta, em reunião do Conselho da Conmebol, em Miami, nos EUA. No mesmo evento, a entidade sul-americana indicou que a competição do próximo ano será sediada de forma conjunta por Colômbia e Argentina. 

De acordo com a Conmebol, a decisão de rejeitar o convite americano foi aprovado de forma unânime pelo Conselho. E tomou como base a decisão da entidade de realizar a Copa América a cada quatro anos, a começar pela edição de 2020 - neste o evento será realizado no Brasil.

A Conmebol também defendeu sua decisão porque já havia convidado seis seleções da Concacaf, à qual pertence à federação americana a participar das edições de 2020, 2024 e 2028 da Copa América. Mas o convite fora rejeitado. 

Além disso, segundo a Conmebol, a proposta dos americanos ignorava a longa tradição, de 103 anos, da Copa América, por propor a competição continental na mesma data do torneio sul-americano.

Assim, o Conselho da entidade confirmou que a competição será realizada na América do Sul em 2020. De acordo com a Conmebol, a ideia é "aproximar o futebol sul-americano dos seus torcedores". E os candidatos a sediar o evento são a Colômbia e a Argentina, que ainda precisam de uma aprovação final para serem confirmados como países-sede.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link