Notícias

Carcaça de avião que se soltou de trator e assustou moradores ocupa avenida na Pampulha

Por Redação, 13/08/2019 às 06:58
atualizado em: 13/08/2019 às 07:12

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Renato Rios Neto/Itatiaia
Renato Rios Neto/Itatiaia

Ainda aguarda para ser retirada da avenida Virgílio de Melo Franco, no bairro Santa Amélia, nas proximidades do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, a carcaça de um avião que se desprendeu de um trator enquanto era transportada. O barulho foi tão alto que acordou quem mora na região, provocou transtornos e muita curiosidade. 

A aeronave era levada em um comboio com o apoio da BHTrans. As informações sobre o trajeto ainda são desencontradas, uma vez que não a reportagem acesso ao responsável pelo avião, mas, segundo populares, no local do acidente a informação era de que ele estaria sendo levado do Aeroporto da Pampulha até uma oficina no bairro Copacabana, na mesma região. Em uma descida, o avião se soltou do trator.

Dezenas de curiosos tiraram fotos com a carcaça. No momento em que esteve no local não havia nenhuma autoridade do trânsito e nenhuma pessoa que se apresentou como responsável pela aeronave.

Erica Padilone mora perto do local. “Fez um barulhão e todo mundo saiu para a rua. Imagina se bate em um carro e o motorista liga para a seguradora dizendo que um avião bateu no carro dele”, disse.

Outra moradora que se assustou foi Andreia Vieira. “Eu estava dormindo já e, de repente, um barulhão, como se tivesse um acidente de carro. Eu cheguei na janela, porque é bem na esquina da minha casa, e vi um avião. Na hora que aconteceu tinha um monte de BHTrans, mas depois colocaram os conezinhos e foram embora”, relatou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link