Notícias

Cadeirante constrói rampa de acesso em calçada no Sul de Minas; assista ao vídeo 

Por Redação, 11/01/2019 às 10:11
atualizado em: 11/01/2019 às 10:55

Texto:

A falta de acessibilidade levou um cadeirante a construir uma rampa em uma calçada em Três Pontas, no Sul de Minas. O homem, que se apresenta como Lorival, diz que procurou a prefeitura para realizar a obra e foi informado de que a administração não arcaria com a construção da rampa.

Um vídeo gravado por um morador mostra o homem, sentado ao chão, fazendo massa de cimento e construindo a rampa, entre a rua e a calçada. Ele também tampa um buraco no asfalto.

Em nota, a prefeitura de Três Pontas diz desconhecer a reivindicação apresentada por Lorival. O município também informa que "é necessário um período de estiagem para que tal manutenção fosse feita, sob pena de desperdício de material e mão de obra". 

Em relação à acessibilidade, eventuais "deficiências não podem ser atribuídas a qualquer governo de forma pontual", e que "a ausência de rampa de acesso no local em questão é uma realidade que preexiste ao atual governo", completa a nota.

Confira a nota na íntegra

A Prefeitura Municipal de Três Pontas, por meio de sua assessoria de comunicação, vem a público para dizer que desconhece qualquer reivindicação do cidadão em questão e menos ainda qualquer ocorrência envolvendo a Polícia Militar, o que poderá ser confirmado diretamente com a corporação. 

Ainda, com relação à manutenção das vias públicas, vários foram os posicionamentos do poder Executivo no sentido de que seria necessário um período de estiagem para que tal manutenção fosse realizada sob pena de desperdício de material e mão de obra.
Por fim, em relação às questões de acessibilidade, essa é uma luta permanente por parte dos órgãos públicos, mas eventuais deficiências não podem ser atribuídas a qualquer governo de forma pontual. 

A ausência de "rampa" de acesso no local em questão é uma realidade e que preexiste ao atual governo e estamos trabalhando para fazer o melhor possível para a população trêspontana, mesmo diante da escassez dos recursos financeiros. Cumpre, por fim, esclarecer que a questão que envolve a acessibilidade e mobilidade é uma decorrência da Lei Federal 12.587/2012 que estabeleceu a obrigatoriedade de que os municípios tivessem os seus planos de mobilidade elaborados até o ano de 2015, que infelizmente não ocorreu por parte de governos anteriores.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    URGENTE: Desembargador determina soltura do ex-presidente Michel Temer https://t.co/SyJdu4k3X9 https://t.co/gvtj91AMBc

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Resultados anteriores têm mostrado que mais da metade dos alunos de 8 anos não consegue localizar informações em textos de literatura infantil ou escrever corretamente palavra...

    Acessar Link