Notícias

Brasil encerra Olimpíada de Tóquio com a melhor campanha da história do país

Com sete ouros, seis pratas e oito bronzes, Brasil faz campanha histórica no Japão

Por Gabriel Rezende, 08/08/2021 às 07:45
atualizado em: 08/08/2021 às 12:03

Texto:

Foto: Miriam Jeske/COB
Miriam Jeske/COB

Brasil conquistou 21 medalhas olímpicas em Tóquio 2020

O Brasil fez uma campanha histórica na Olimpíada de Tóquio. Com sete ouros, seis pratas e oito bronzes, o país fechou os jogos olímpicos, encerrados neste domingo (8), na 12ª posição do ranking de medalhas, a melhor colocação da história brasileira.

A edição de Tóquio também foi a mais vitoriosa em número de pódios. As 21 medalhas conquistadas superaram Rio-2016, antiga melhor marca do Brasil, com 19 medalhas, na 13ª colocação no ranking de medalhas. 

À frente do Brasil na classificação de Tóquio está o Canadá, com sete ouros, seis pratas e 11 bronzes. Os Estados Unidos terminaram na liderança, com 39 ouros, 41 pratas e 33 bronzes (113 no total). A China foi segunda, com 38 ouros, 32 pratas e 18 bronzes (88 no total). 

Medalhistas 

Quatro das medalhas conquistadas pelo Brasil em Tóquio 2020 foram em competições que ainda não estavam na Olimpíada em 2016: skate e surfe. Os pódios foram conquistados nas seguintes modalidades: 

- Ginástica artística: Rebeca Andrade (ouro e prata);
- Boxe: Hebert Conceição (ouro), Beatriz Ferreira (prata) e Abner Teixeira (bronze);
- Natação: Ana Marcela (ouro), Fernando Scheffer (bronze) e Bruno Fratus (bronze);
- Futebol masculino: Seleção Brasileira (ouro);
- Surfe: Ítalo Ferreira (ouro);
- Canoagem: Isaquias Queiroz (ouro);
- Skate: Kelvin Hoefler (prata), Rayssa Lea (prata) e Pedro Barros (prata);
- Vôlei feminino: Seleção Brasileira (prata);
- Vela: Martine Grael/Kahena Kunze (ouro)
- Judô: Daniel Cargnin (bronze) e Mayra Aguiar (bronze);
- Tênis: Laura Pigossi/Luisa Stefani (bronze);
- Atletismo: Thiago Braz (bronze) e Alison dos Santos (bronze).

"Tivemos a melhor campanha do Brasil em Jogos Olímpicos. Nós entregamos o que tínhamos como meta. Claro que o sarrafo subiu e queremos continuar com esse objetivo", disse Paulo Wanderley, presidente do Comitê Brasileiro Olímpico

Time olímpico 

Com 317 atletas de 35 modalidades (incluindo os reservas), 54 conquistaram medalha e vão participar de uma divisão de R$ 4,65 milhões que o COB ofereceu aos medalhistas. Quem ganhou o ouro no individual vai receber R$ 250 mil enquanto nos esportes coletivos o título olímpico valeu R$ 750 mil.

Para além do resultado esportivo, o comitê também comemorou o fato de não ter tido qualquer caso positivo de covid-19 entre sua delegação, incluindo atletas, comissão técnica e outros credenciados. "Não tivemos nenhum caso na Missão e isso é muito importante para a gente", comentou Manoela Penna, diretora de comunicação e marketing do COB.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link