PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

Atlético vence Fluminense no Horto e se aproxima dos líderes do Campeonato Brasileiro

Por Redação, 10/08/2019 às 23:08
atualizado em: 11/08/2019 às 09:20

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

O Atlético conquistou mais uma vitória no Campeonato Brasileiro e se aproximou dos líderes. Com um gol em cada tempo, o time alvinegro venceu o Fluminense por 2 a 1, na noite deste sábado, no Independência, pela 14ª rodada da competição, e chegou ao oitavo jogo de invencibilidade na temporada. 

Além da vitória, o atacante Ricardo Oliveira exterminou o jejum de gol, que durava 15 partidas, e fez as pazes com as redes. O camisa 9 anotou o segundo do Galo, aos cinco minutos da etapa final, em um chute cruzado. A última vez que o centroavante havia marcado gol foi na estreia do Atlético no Brasileirão, na vitória sobre o Avaí, no Independência, no dia 27 de abril.

O meia Cazares, no primeiro tempo, abriu o placar para o Atlético. No fim do duelo, Nenê diminuiu para o Fluminense.

Com o resultado, o Atlético se manteve na quarta posição do Brasileiro, com 27 pontos, mas reduziu para cinco a diferença para o líder Santos, que perdeu na rodada para o São Paulo, e permaneceu com 32 pontos. O time alvinegro tem a mesma pontuação do Flamengo, terceiro colocado, mas está atrás no saldo de gols. Vice-líder, o Palmeiras soma 28 pontos, porém com uma partida a menos, pois jogará neste domingo. Já o Fluminense segue próximo da zona do rebaixamento, na 16ª posição, com 12.

Na próxima rodada, o Atlético enfrenta o Athletico-PR, sábado, às 19h, na Arena da Baixada. No domingo, às 16h, o Fluminense recebe o CSA, no Maracanã.

O jogo

O Fluminense começou a partida com mais posse de bola. Mas foi o Atlético que teve a primeira chance. Aos oito minutos, Ricardo Oliveira aproveitou cruzamento de Patric e cabeceou na trave. No entanto, o lance foi invalidado porque atacante alvinegro foi flagrado em impedimento.

A equipe carioca respondeu rapidamente e chegou com perigo duas vezes. Com Pedro, em uma cabeçada para fora, e com Yony González, que chutou cruzado para boa defesa de Cleiton.

A partida estava bem movimentada. Era lá e cá. E o Atlético teve uma ótima oportunidade para abrir o placar com Ricardo Oliveira. O atacante saiu cara a cara com o goleiro Muriel, mas se atrapalhou para chutar para o gol e ainda não tocou para Vinícius, que estava melhor posicionado e poderia só empurrar para as redes.

Apesar das boas chances do Atlético, o Fluminense dominava a partida e incomodava mais a meta alvinegra. Até que o técnico Rodrigo Santana aproveitou duas paradas no jogo e conversou com os jogadores. A partir daí, o Galo melhorou e bombardeou Muriel, que se virou para salvar o Tricolor nas finalizações de Ricardo Oliveira, Chará e Cazares.

Mas o goleiro do Fluminense não conseguiu impedir outro chute de Cazares, aos 42 minutos da etapa inicial. Após cruzamento de Patric, o zagueiro Digão cortou mal para o meio da área e o equatoriano pegou o rebote emendando de primeira e acertou o canto: Galo 1 a 0. Ouça o gol na narração do 'Caixa' Mário Henrique!

No início da etapa final, Ricardo Oliveira pôs fim ao jejum de 15 jogos sem marcar na temporada. O atacante, que segundos antes recebeu um presente do zagueiro do Flu na área, mas viu a bola bater no seu joelho e sair rente à trave, enfim balançou as redes. O Atlético pressionou a saída de bola dos cariocas perto da área, Elias roubou e tocou para o camisa 9, que bateu cruzado e acertou o cantinho: 2 a 0. Ouça o gol na narração do 'Caixa' Mário Henrique!

O Fluminense chegou a balançar as redes aos 11 minutos com Yony González, mas o auxiliar assinalou impedimento do colombiano. O Galo também teve um gol anulado de Alerrandro por posição irregular aos 42.

O Atlético administrava a vitória até o fim sem sustos. Mas se não tiver sofrimento, não é Galo. Aos 43, Nenê diminuiu para o Fluminense e colocou fogo no jogo de novo nos minutos finais. Mas o time alvinegro conseguiu segurar o ímpeto dos cariocas e conquistou a vitória no Horto. Após o apito final, Nenê reclamou muito com o árbitro e foi expulso.

Atlético 2 x 1 Fluminense

Atlético: Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Ramón Martínez, Elias, Chará (Otero), Cazares (Geuvânio) e Vinícius; Ricardo Oliveira (Alerrandro). Técnico: Rodrigo Santana

Fluminense: Muriel; Igor Julião, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Daniel (Wellington Nem) e Paulo Henrique Ganso; Marcos Paulo (Nenê), Yony González e Pedro (João Pedro). Técnico: Fernando Diniz

Motivo: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 10 de agosto de 2019, sábado, às 21h
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Cazares (42’/1º), Ricardo Oliveira (5’/2º), Nenê (43’/2º)

Cartão Amarelo: Vinícius, Patric, Geuvânio, Otero (Atlético); Wellington Nem, Nenê (Fluminense)
Cartão Vermelho: Nenê (Fluminense)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Público: 19.081
Renda: R$ 352.497,00

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador foi decisivo contra o Santos.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽🎥 Confira a entrevista com o técnico celeste!

    Acessar Link