System.Collections.Generic.List`1[Site.ViewModels.BannerTopoViewModel]

Notícias

O Atlético divulgou nesta quarta-feira, documentos da transação com o atacante francês Nicolas Anelka. Com o intuito de acabar com qualquer dúvida em relação à veracidade do acerto com o jogador, o clube resolveu tornar público tudo aquilo que foi as

polêmica

Por Editoria de web , 16/04/2014 às 21:52
atualizado em: 10/08/2016 às 20:02

Texto:


Documentos comprovam assinatura de Anelka (Reprodução Leo Gomide)

O Atlético divulgou nesta quarta-feira, documentos da transação com o atacante francês Nicolas Anelka. Com o intuito de acabar com qualquer dúvida em relação à veracidade do acerto com o jogador, o clube resolveu tornar público tudo aquilo que foi assinado e combinado com ele e seus agentes.

Foi mostrado um pré-contrato com as assinaturas dos dois agentes – Cristian Casini e Robson Lima – além de uma mensagem escrita por Anelka apontando que estaria dia 6 em Belo Horizonte para concretizar o acerto, além das cópias dos passaportes de Nicolas, de seu irmão Claude Anelka e do empresário do atleta Doug Pingisi também, assim como a marcação das passagens e hospedagem de todos estes.


Carta escrita à mão pelo atacante Nicolas Anelka (Reprodução Leo Gomide)

Tradução: “Londres, 3 de abril de 2014. Eu estou interessado na oferta do Atlético Mineiro e espero chegar no domingo, dia 6, no Brasil, para discutir sobre meu futuro contrato. Nicolas Anelka”, escreveu Anelka.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Raquel Dodge não quer mais receber auxílio-moradia; benefício é de R$ 4,3 mil mensais: https://t.co/rxjlnVj3XA https://t.co/sP9N1KY2fg

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Há dificuldades, mas dificuldades são herdadas e estamos combatendo', diz Temer: https://t.co/UbBz8jeswI https://t.co/mFFGmvZQJF

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Benefício de R$ 4,3 mensais é pago a mais de 17 mil magistrados e quase 13 mil procuradores do Ministério Público Federal.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Maia estaria receoso de os deputados aprovarem a criação de um fundo público para bancar as campanhas enquanto o Senado discute uma PEC para ressuscitar o financiamento privado.

    Acessar Link