Notícias

'Argentina abandonou o jogo e deveria ser punida com perda de pontos', afirma especialista em Direito Desportivo

Jogo foi interrompido após agentes da Anvisa entrarem em campo para retirar atletas que violaram regras sanitárias

Por Redação, 06/09/2021 às 20:21
atualizado em: 06/09/2021 às 20:58

Texto:

Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Lucas Figueiredo / CBF

A suspensão do jogo entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo poderá gerar diversas consequências e ainda tem muitas questões a serem respondidas. A Fifa, organizadora da competição, é quem decidirá os rumos dessa história e informou, em nota, que está "avaliando os relatórios".

Em entrevista à Rádio Itatiaia, no programa "Bastidores", Dr. Gustavo Lopes, especialista em Direito Desportivo, afirmou que, na sua visão, o correto seria a punição da Argentina com multa e perda de pontos, já que o time abandonou o campo de jogo.

"Eu penso que a Argentina se negou a jogar. Os fiscais da Anvisa em nenhum momento cancelaram a partida, eles somente adentraram em campo para retirar aqueles atletas que não tinham cumprido os protocolos sanitários para estar no Brasil e, portanto, não poderiam atuar. Em seguida o jogo continuaria, mas a Argentina optou por não substituir os atletas e não jogar. Então acredito que a Argentina deve perder os pontos pelo abandono da partida e estará sujeita, ainda, a outras punições, como o pagamento dos custos pela não realização do jogo, multa e, até mesmo, eliminação das Eliminatórias que, por consequência, causaria a eliminação da Copa do Mundo do Catar", explicou. 

O advogado explicou que o argumento de que haveria um acordo entre a CBF, autoridades brasileiras e a Anvisa, para que a partida ocorresse, não é válido. Isso porque a Anvisa é um órgão regulador independente, que apenas estava cumprindo com as ordens sanitárias do país, a qual todos estão sujeitos. 

"A imprensa argentina tem utilizado em sua defesa o fato de que o governo brasileiro teria garantido a participação dos atletas e teria assegurado que resolveria as questões com a Anvisa, de modo a viabilizar a participação desses jogadores. Mas vale destacar que a Anvisa é autônoma e independente, não podendo sofrer nenhum tipo de interferência". 

Gustavo Lopes afirmou ainda que, caso autoridades brasileiras e a CBF tenham, de fato, feito qualquer acordo, a seleção brasileira deveria ser punida com a não realização dos seus jogos como mandante no Brasil, já que o episódio provaria que "o Governo Brasileiro não é capaz de adotar os protocolos e fiscalizá-los para viabilizar a realização de jogos com a segurança sanitária necessária", completou.

VAI TER OUTRO JOGO? - O regulamento das Eliminatórias prevê que quando o jogo for paralisado por motivo de "força maior", a partida deve ser recomeçada em nova data, a partir do minuto seguinte em que foi paralisada. No entanto, Gustavo Lopes disse à Rádio Itatiaia que não acredita que isso aconteça.

"Muito dificilmente Brasil ou Argentina ficarão fora da Copa do Mundo, ou seja, essa partida não tem relevância desportiva nenhuma. No momento que vivemos, com calendário apertado, com dificuldade de liberação pelos clubes europeus, um novo jogo é plenamente inviável e mais prejudicial do que a sua não realização. O que eu acredito é a perda de pontos por parte da Argentina, uma vez que se recusou a voltar ao campo, se recusou a jogar. Depois disso vão prosseguir com as eliminatórias", informou.

SELEÇÃO BRASILEIRA PODE SER PUNIDA? - Segundo o especialista, apesar das alegações da Argentina, o Brasil não deve ser punido. E, caso isso aconteça, não deve ocorrer W.O ou qualquer tipo de eliminação do país das Eliminatórias.

"Eu não acredito que a seleção brasileira sofra uma penalidade maior do que ter que arcar com eventual custo pela normalização da partida, multa e perda do direito de jogar no Brasil. Aliás, eu não acredito que a seleção brasileira seja punida, mas, se houver uma punição, não foge dessas três possibilidades", concluiu.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link