Notícias

Após marcar contra Argentina, Gabriel Jesus comemora fim do jejum de gols na seleção

Por Agência Estado, 03/07/2019 às 00:40
atualizado em: 03/07/2019 às 00:44

Texto:

Foto: Pedro Martins / MoWA Press
Pedro Martins / MoWA Press

O atacante Gabriel Jesus encerrou na noite desta terça-feira o jejum de nove jogos sem marcar em competições oficiais pela seleção com direito a grande atuação na vitória sobre a Argentina, por 2 a 0, no Mineirão. Ele abriu o marcador e depois fez toda a jogada do segundo, dando de bandeja para Roberto Firmino ampliar. 

"Vim com a cabeça que iria marcar um gol. Não falo só porque fiz o gol, mas sim porque vim muito confiante mesmo. No começo já fui para cima. Depois, errei a segunda jogada. E logo após fiz o gol com bela jogada da equipe. O gol me deu confiança para fazer uma boa partida", declarou o centroavante. 

Gabriel aproveitou o fim do jejum para provocar o seu companheiro de Manchester City, o argentino Agüero. O brasileiro imitou o parceiro de clube que comemora seus gols fazendo um sinal com as duas mãos.

"Contra o Paraguai, a bola não entrou. Quero fazer os gols. Mas todos estão de parabéns pelo empenho e entrega. Isso é Brasil. Tem de jogar todos os jogos com esse espírito porque vamos alcançar o que a gente deseja", prosseguiu o atacante.

O volante Casemiro já deixou o gramado com a cabeça na decisão da Copa América. Depois de anular Messi na partida, o jogador do Real Madrid evitou muita comemoração antes da final - o adversário sai do confronto entre Chile e Peru, nesta quarta.

"Para ganhar a Copa América tem de ser assim. É uma competição de tiro curto, tem que ser sólido atrás e decisivo na frente. Agora temos de dar tudo porque é o último jogo. O jogo de dar tudo, pensar quanto tempo estamos concentrados e todo o esforço que fizemos. O resultado tem de sair, fazer o melhor possível. Temos que descansar, começar a nos concentrar, fazer um bom trabalho e fazer uma boa final", encerrou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link