Auto Truck CPM Interno

Notícias

América empata sem gols com Botafogo-SP e amplia distância da zona de rebaixamento

Por Redação, 07/09/2019 às 12:57
atualizado em: 07/09/2019 às 13:12

Texto:

Foto: Estevão Germano / América
Estevão Germano / América

Em jogo marcado por erros de passe e calor intenso, América e Botafogo-SP empataram sem gols neste sábado, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. 

Com o resultado, o Coelho ampliou a sequência invicta para nove jogos e ganhou uma posição, indo para o 12º lugar, com 26 pontos – cinco a mais que o Vila Nova, primeira equipe na zona de rebaixamento, e seis a menos que o Paraná, 4º colocado. O Botafogo-SP é o 9º, com 29 pontos.

A melhor chance do América foi com o atacante Neto Berola, que entrou no início no segundo tempo. Aos 8 minutos da etapa complementar, o atacante ganhou na corrida e saiu cara a cara com o goleiro do Botafogo, mas o chute saiu fraco. 

Já a equipe da casa chegou a marcar com Henan aos 38 do segundo tempo, mas o gol foi anulado pelo juiz, após o bandeirinha apontar impedimento no lance.

O América volta a campo na próxima terça-feira (10), contra o Criciúma, às 21h, na Arena Independência. Já o Botafogo-SP recebe o São Bento na sexta-feira (13), no estádio Santa Cruz.

O jogo

Apensar de ser visitante, o América começou melhor a partida. Aos dois minutos, após bola alçada na área, o goleiro do Botafogo-SP, Darley, deixou a bola escapar. Toscano roubou e ajeitou para William Maranhão, que isolou o chute. Aos 6 minutos, em jogada de Leandro Silva pela direita, Maranhão voltou a ter chance de marcar, mas desperdiçou. 

A primeira investida com perigo da equipe da casa veio aos 12 minutos. Com rara liberdade, o volante Marlon Freitas recebeu o cruzamento de Leonan e cabeceou por cima do gol defendido por Jori. 

Por causa do forte calor, houve parada técnica para hidratação dos jogadores, aos 30 minutos. A partida perdeu em intensidade e ambas as equipes erravam muitos passes. 

No segundo tempo, o técnico Felipe Conceição sacou Felipe Azevedo para a entrada de Neto Berola, que aos oito minutos teve a melhor chance do América na partida. O atacante ganhou na corrida, saiu cara a cara com o goleiro e chutou fraco, para a defesa de Darley. 

Aos 19, Zé Ricardo arriscou um forte chute de fora da área, exigindo grande defesa do goleiro da Pantera. Dois minutos depois, o América voltou a levar perigo com outra pancada, desta vez de Marcelo Toscano. A bola passou perto do gol. 

Neto Berola voltou a levar perigo aos 26, após jogada individual, mas, novamente, chutou fraco. 

A equipe da casa chegou a marcar com Henan, no final da partida, mas o gol foi anulado pelo juiz, após o bandeirinha apontar impedimento no lance. 

BOTAFOGO-SP 0 X 0 AMÉRICA

BOTAFOGO-SP
Darley; Lucas Mendes, Luiz Otávio, Leandro Amaro e Pará; Pablo, Marlon Freitas e Leonan (Nadson); Murilo Henrique, Erick (Diego Gonçalves) e Rafael Costa (Henan). Técnico: Hemerson Maria

AMÉRICA
Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; William Maranhão (Matheusinho), Zé Ricardo (Flávio), Juninho; Marcelo Toscano, Felipe Azevedo (Neto Berola) e Júnior Viçosa. Técnico: Felipe Conceição

Cartão Amarelo: Leandro Amaro, Pablo (Botafogo-SP); Paulão, Matheusinho (América)

Motivo: 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Santa Cruz, Ribeirão Preto-SP
Horário: 11h

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Natal da Silva Ramos Júnior (TO)

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link