Auto Truck CPM Interno

Notícias

Alisson é eleito melhor goleiro do mundo e recebe prêmio das mãos de Marta

Por Agência Estado , 23/09/2019 às 17:18
atualizado em: 23/09/2019 às 17:31

Texto:

Com atuações decisivas pelo Liverpool na campanha que levou o time inglês ao título europeu neste ano, o brasileiro Alisson foi eleito pela Fifa nesta segunda-feira, em Milão, o melhor goleiro do mundo na temporada 2018/2019.

O jogador levou a melhor sobre o seu compatriota e companheiro de seleção brasileira Ederson, do Manchester City, e sobre o alemão Marc-Andre Ter Stegen, do Barcelona, que eram os outros dois finalistas à honraria desta posição na premiação da entidade máxima do futebol.

Após o anúncio do seu nome, Alisson curiosamente demorou um pouco para ir ao palco do Teatro alla Scala, arrancando risos da plateia e do seu técnico Jürgen Klopp, mas após o suspense chegou para receber o troféu de melhor goleiro das mãos da brasileira Marta, eleita por seis vezes a melhor jogadora do mundo pela Fifa.

"É um grande prazer receber esse prêmio, que representa tudo o que eu trabalhei na minha vida até chegar aqui. Gostaria de agradecer especialmente à minha esposa, minha filha, a meu filho recém-nascido e aos meus pais. Estou sem palavras, obrigado Deus por estar aqui, recebendo esse prêmio das mãos de uma grande brasileira, a Rainha Marta", ressaltou Alisson, que depois deixou claro que espera servir de exemplo para outros brasileiros que almejam se tornarem craques de nível mundial.

"Aqui eu represento todo o jovem brasileiro que sonha em ser jogador de futebol. Não desista de seus sonhos. Eu saí do nada e agora estou aqui", completou o atleta, que recentemente também havia sido eleito o melhor goleiro da Europa na temporada 2018/2019 em premiação promovida pela Uefa.

Neste ano, Alisson também ajudou o Brasil a conquistar o título da Copa América, na qual levou um gol em seis jogos disputados, e também foi o titular do Liverpool na campanha que levou o time ao vice-campeonato inglês na temporada 2018/2019.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link