Notícias

Ações para evitar agravamento da asma; 300 milhões de pessoas sofrem com a doença no mundo

Por Jacqueline Moura/ Itatiaia, 02/05/2019 às 10:39
atualizado em: 06/05/2019 às 10:21

Texto:


A Organização Mundial de Saúde estima que, em todo o mundo, mais de 300 milhões de pessoas sofrem de asma. Segundo a Iniciativa Global contra a Asma, só no Brasil, três pessoas morrem em decorrência da doença por dia. A doença é a quarta maior causa de hospitalização no país, com cerca de 300 mil internações por ano, um custo anual de cerca de R$ 537 milhões para os cofres públicos, conforme informações do DATASUS. 

De acordo com dados do IBGE, em parceria com o Ministério da Saúde, mais de seis milhões de adultos sofrem com a enfermidade alérgica no país. Estima-se que, no total, incluindo crianças e adolescentes, ela acomete 20 milhões de pessoas. É a doença crônica mais comum na infância; só nos Estados Unidos, sete milhões de crianças têm. Nos últimos 25 anos, a taxa de prevalência da doença dobrou em todo o mundo. 

O Ministério da Saúde destaca que a asma é uma das doenças respiratórias crônicas mais comuns, juntamente com a rinite alérgica e a doença pulmonar obstrutiva crônica. As principais características da doença são dificuldade de respirar, chiado e aperto no peito, respiração curta e rápida. Os sintomas pioram à noite e nas primeiras horas da manhã.

Nesta quinta-feira, Dia Mundial de Combate à Asma, autoridades aproveitam a data para alertar a população sobre as formas de prevenção da doença. O médico pneumologista do Hospital Vera Cruz, Guilherme Cardoso, alerta para os sintomas da doença que costuma aparecer, com mais frequência, nesta época do ano. “Os principais sintomas da asma são a tosse seca, principalmente, no início da manhã e durante o período da noite, falta de ar, sensação de aperto no peito” destaca.

O pneumologista explica que o tratamento da doença é feito pelo uso de medicamentos por inalação. “Os principais medicamentos usados são por inalação. Os broncodilatadores que aliviam os sintomas e é feito por nebulização ou por meio dos inaladores conhecidos popularmente como bombinhas. Também são usados os corticoides inalatórios em casos mais graves”, detalha.

O médico destaca a importância de ações para evitar os sintomas e o agravamento da asma. O adulto asmático deve evitar o uso do cigarro, vacinar contra gripe, evitar exposição a ambientes com ar-condicionado, mofo e pelo de animais.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Após derrota, Léo Silva diz que 'gol no início do 2º tempo prejudicou o Atlético' https://t.co/0bZnR5tukO https://t.co/l276Zxl8eF

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽ 'Tivemos chances, mas o resultado mais justo seria o empate'.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽ Time ainda não venceu na série B.

    Acessar Link