Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
Cruzeiro-logo-01

Cruzeiro

Blogs e Colunas

Central de Áudio

Gols

Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro série A.

Gols

Vitória 0 x 1 Cruzeiro pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro série A

Gols

ABC 3 x 2 Cruzeiro, pelas Quartas de Final da Copa do Brasil.

Artilharia

Marcelo Moreno 21
Ricardo Goulart 20
Julio Baptista 12
Dagoberto 9
Willian 8
Bruno Rodrigo 7
Dedé 6
Everton Ribeiro 6
Alisson 5
Léo 5
Marlone 4
Borges 2
Henrique 2
Lucas Silva 2
Manoel 2
Nilton 2
Samudio 2
Souza 2
Egídio 1
Everton 1
Iuri 1
Marquinhos 1
Martinuccio 1
Mayke 1
Vinícius Araújo 1

Formação

Fábio - Mayke - Dedé - Manoel - Egídio - Henrique - Lucas Silva - Éverton Ribeiro - Ricardo Goulart - Willian - Marcelo Moreno

Informações gerais

O Cruzeiro Esporte Clube nasceu através do esforço de desportistas da comunidade italiana em Belo Horizonte, com o nome de Societá Sportiva Palestra Itália, em 2 de janeiro de 1921. Após mais de 91 anos de história, o Clube se transformou em uma das maiores agremiações de futebol do mundo.

Dos anos iniciais, datam os primeiros ídolos e conquistas do Palestra, como o tricampeonato estadual de 1928, 1929 e 1930, com uma equipe que contava com os lendários Ninão, Nininho, Bengala e Piorra.

Em 1942, com a entrada do Brasil na 2ª Guerra Mundial, um decreto de lei do governo federal proibiu o uso de termos que remetem à Itália em entidades, instituições e estabelecimentos no Brasil. Com isso, o Clube precisou ser renomeado e o nome escolhido foi Cruzeiro Esporte Clube, em homenagem ao símbolo maior da pátria brasileira.  Assim como o nome, o uniforme também sofreu mudanças. Antes verde e vermelho, em homenagem à bandeira italiana, o Clube adotou o azul e branco, inspirado pela seleção da Itália.

Nas décadas seguintes, o que se viu foi o crescimento de um gigante, especialmente após a inauguração do Estádio Magalhães Pinto, o Mineirão, onde o Cruzeiro conquistou os principais títulos da história do futebol de Minas Gerais. Com craques como Tostão, Piazza, Dirceu Lopes, Raul, Zé Carlos, Palhinha, Joãozinho, o fenômeno Ronaldo, Sorín, Alex, Fábio e tantos outros, o time passou a ser um dos clubes brasileiros com maior número de conquistas internacionais.


São dois títulos da Copa Libertadores (1976 e 1997), dois da Supercopa (1991 e 1992), um da Recopa (1999), um da Copa Ouro (1995) e um da Copa Master (1995). No âmbito nacional, o time azul foi duas vezes campeão brasileiro (1966 e 2003) e, em quatro outras ocasiões, conquistou a Copa do Brasil (1993, 1996, 2000 e 2003).

Além dos títulos, o Cruzeiro é reconhecido mundialmente pela sua excelente estrutura e como um dos principais reveladores de talentos para o futebol, como aconteceu em relação a Ronaldo, Maicon, Gomes, Luisão, Wendell, Jussiê, Beletti e muitos outros.

Em setembro de 2009, a Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS), entidade alemã reconhecida pela FIFA, apontou o Cruzeiro como o Melhor Clube Brasileiro do Século XX. O instituto levou em consideração a performance dos clubes do mundo em competições organizadas pelas federações continentais e só confirmou o que já sabiam todos aqueles que acompanham de perto a bela trajetória do time cinco estrelas.

Títulos

1976/97 - Bicampeonato da Copa Libertadores da América

1966/2003/2013 - Tricampeão Brasileiro

1991/92 - Bicampeonato da Supercopa dos Campeões da Libertadores da América

1998 - Recopa Sul-Americana

1995 - Copa Ouro

1995 - Copa Master da Supercopa

1993/1996/2000/2003 - Tetracampeão da Copa do Brasil

2001/02 - Bicampeonato da Copa Sul-Minas

1999 - Copa Centro-Oeste

37 títulos estaduais - 1926 , 1928, 1929, 1930, 1940, 1943, 1944, 1945, 1956 , 1959, 1960, 1961, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1972, 1973, 1974, 1975, 1977, 1984, 1987, 1990, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 2003, 2004, 2006, 2008, 2009,2011 e 2014

Ouvindo: