Eleições 2018

Delator diz que tucano Beto Richa recebeu R$ 500 milhões em propinas

Por Agência Estado, 14/09/2018 às 10:01
atualizado em: 14/09/2018 às 10:02

Texto:

O empresário Antônio Celso Garcia, cuja delação levou à prisão do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), na terça-feira, 11 disse ao jornal O Estado de S. Paulo que o tucano recebeu "entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões" em propina e caixa 2 em campanhas eleitorais.

Richa é alvo da Operação Radiopatrulha, do Ministério Público do Paraná, e da Lava Jato. "Se for ver todas as coisas que estão investigando, se metade for verdade, eu diria que, fácil, (a propina) passaria de R$ 400 milhões, R$ 500 milhões", afirmou. A defesa de Richa não respondeu à reportagem. Na terça, informou que não havia tido acesso à investigação.

Últimas Notícias

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Toffoli deixa para Marco Aurélio decisão sobre dados da quebra de sigilo de Aécio Neves: https://t.co/vjqFi4h0c5 https://t.co/EHmIvLVgqv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Procuradoria-Geral da República solicitou o envio dos dados bancários do tucano à Polícia Federal para dar continuidade às investigações no âmbito da Operação Patmos

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Presidente já indicou que, além do decreto, deverá dialogar com o Congresso para realizar outras mudanças no Estatuto do Desarmamento

    Acessar Link