DetalhesVM

Notícias

Time de Curitiba vence Taça Kaiser, que em 2020 terá o Vasco, campeão da Copa Itatiaia

A 1ª edição da Taça Kaiser, que reúne campeões de quatro torneios de futebol amador, teve o Trieste, de Curitiba, como campeão na tarde deste domingo. A equipe goleou o Atlético Itoupava por 6 a 0 no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Neste ano, Minas Gerais foi representado pelo Mineirinho, do bairro Alto Vera Cruz, de Belo Horizonte, e em 2020 o estado será defendido pelo Vasco, de Esmeraldas, que conseguiu a vaga após conquistar a Copa Itatiaia no dia 13 de janeiro.

O Mineiro classificou-se para a competição por ter ganhado o Torneio Corujão do ano passado. Também disputaram a taça nacional o Trieste, de Curitiba, campeão da Liga Amadora da Capital; o Atlético Itoupava, de Blumenal, em Santa Catarina, campeão da Liga Kaiser Blumenauense de Futebol; e o Bela Vista, de Santa Cruz do Sul, também em Santa Catarina, campeão da Copa Master Kaiser AFASC.

Os times se enfrentaram em semifinais de jogo único. O Mineirinho ficou no 1 a 1 com o Atlético Itoupava no tempo normal. Os catarinenses abriram o placar com Carlos César, aos 30 minutos do primeiro tempo, e a equipe de BH empatou com Paulo Catanha aos 42 também da etapa inicial. Nos pênaltis, o clube do Sul do país venceu por 4 a 2.

Sob o comando do técnico Bruno, o Mineirinho jogou com Weslley Geleia; Emerson Menor, Jean, Gustavo e Thiaguinho; Flavinho, Bruno Vieira, Victor Coxinha e Jonathan Pachá; Carlos Pão (Lucas Felipe) e Paulo Catanha. O goleiro Weslley Geleia é irmão do volante Yago, do Atlético, que foi emprestado ao Al-Qadisiyah, da Arábia Saudita. Ele concilia o trabalho como motorista de aplicativo e a paixão pelo esporte. “De segunda a sábado estou no Uber e, domingo, jogo no futebol amador.”

                                                   Léo Campos/Itatiaia

O gerente de marketing da Kaiser, Gustavo Hila, destacou que a empresa patrocina campeonatos amadores de várias regiões do país porque apoia o futebol raiz e a relação das torcidas com os clubes amadores. "A Taça Kaiser 2019 representou o futebol de verdade: uma paixão tão grande pelo time que passa por cima de qualquer dificuldade e não mede esforços para vê-lo jogar.”

O Trieste foi à final após passar pelo Bela Vista também nos pênaltis, por 3 a 1, após 0 a 0 nos 90 minutos. A equipe vencedora tem no elenco o volante Rodrigo Mancha, que defendeu clubes como Santos e Coritiba e deixou o futebol profissional no ano passado.

Raça na estrada

Os belo-horizontinos receberam 23 passagens aéreas para Curitiba, mas o clube se esforçou para levar na delegação mais seis pessoas que participaram do título do Torneio Corujão. Esse grupo menor foi de ônibus, inclusive o presidente do Mineirinho, Damião, em uma viagem de mais de 17h. Eles chegaram ao destino em cima da hora do jogo, mas, pelo empenho e boa atuação, a Kaiser decidiu bancar o retorno de todos de avião.

O mandatário do clube comemoroua a volta mais confortável. “De 17 para 2 horas, é uma coisa mais leve. Não dá nem tempo de dormir porque são só duas horas de viagem”, brincou.

                                                  

Conhecimento

Durante os dois dias da competição, os jogadores participaram de palestras com Ney Melo, ex-preparador físico do Sada Cruzeiro, com passagens por América e Villa Nova, e com Stephanie Figer, neta do empresário de futebol Juan Figer e que, como o avô, também agencia atletas. Houve, ainda, uma resenha com Dadá Maravilha. “Eu ensinei, dentro da minha modéstia, porque eu só sabia fazer gol, não sabia jogar futebol. Queixo no peito, queixo no ombro, e eu vou longe. A baliza é muito grande para perder gol, não tem jeito, não”, disse, bem humorado.

                                                  Léo Campos/Itatiaia