DetalhesVM

Notícias

Futebol, amigos e paixão. Descubra onde está o futebol de verdade.

Quem não gosta de futebol é ruim da cabeça ou doente do pé. Ou nunca foi num campão de terra batida.

Porque quem pisa no terrão, descobre um futebol raiz, um futebol com paixão, um futebol jogado por amor à camisa, que só tem ali.

Porque é ali que nasce, cresce e evolui o futebol de verdade: na grama rala e na lama depois da chuva. 

E não achem que esse futebol fica só dentro de campo e nas divididas ou caneladas.

Também tem a provocação entre as torcidas que termina em resenha e tiração de onda depois do jogo.

Tem o churrasco que, se combinar direitinho, fica na conta do time que perdeu o jogo.

E, é claro, tem a cerveja gelada, que une torcidas, jogadores, comissão técnica, amigos e todo mundo que quiser chegar e se divertir.

Por isso que a Kaiser sempre apoiou, apoia e vai continuar apoiando o futebol amador, seja no sagrado futebolzinho do fim de semana ou nos grandes campeonatos, como a Copa Itatiaia.

Porque cada “várzea” tem seu jeito, mas todas tem uma coisa em comum: o futebol de verdade.

Kaiser apresenta: as 10 regras não-oficiais do futebol amador de verdade.

O futebol é o esporte mais praticado no Brasil. Em qualquer rua, gramado ou campinho, você pode encontrar algum aspirante a craque.

Mas não é só porque existe em qualquer lugar, que é bagunça. O futebol amador tem regras sérias e (a maioria, pelo menos) devem ser respeitadas.

1. Campo: qualquer espaço retangular, ou parecido com isso, com dois gols nas extremidades e um mínimo de marcação nas laterais e nas linhas de fundo.

2. Tipo de Campo: pode ser de grama artificial, grama natural, grama rala, terra batida ou até lama. Não é recomendado asfalto quente ou chapisco, mas se quiser, pode.

3. Jogadores: mínimo de 3, para cada lado, e máximo de quantos couberem, desde que sobre alguém para ir acendendo a churrasqueira e colocando a cerveja pra gelar.

4. Uniformes: os jogadores devem estar trajando uma camisa, meião e chuteira. Na falta de qualquer um desses itens, pode jogar sem que está tudo bem.

5. Bola: a bola indicada é de couro e resistente a chutes fortes, sol quente, campo molhado e divididas com a canela.

6. Falta: não tem falta.

7. Tempo de jogo: são dois tempos de 45 minutos, ou até os jogadores cansarem, ou até o churrasco ficar pronto, ou até a cerveja ficar gelada. O que acontecer primeiro.

8. Arbitragem: um juiz principal e dois auxiliares que devem ser respeitados o tempo todo, principalmente porque a mãe deles deve estar ali na arquibancada, e não tem nada a ver com os erros do filho.

9. Atitude: ninguém pode jogar de mimimi. Entrou em campo, é pra jogar com raça, amor e paixão.

10. Regra única: cada campeonato de futebol amador pode ter suas regras específicas, mas todos tem que ter uma coisa em comum: o futebol de verdade.