Copa Itatiaia Kaiser

O maior torneio de futebol amador do país!

Considerada a Copa do Mundo de Futebol Amador, a competição é dividida em duas chaves - Belo Horizonte e Metropolitana -, contando com 32 equipes. Os participantes são apontados por critérios técnicos e por convites direcionados aos clubes de destaque durante o ano.

Os jogos têm entrada gratuita e contam com um público de cerca de 7 mil torcedores por partida, segundo dados da Polícia Militar. Durante a copa são realizadas campanhas solidárias e distribuídos prêmios aos campeões. As rodadas são transmitidas pela Itatiaia.

Curiosidades da Copa Itatiaia Kaiser

Somando 58 anos de história e curiosidades

16

Premiações

32

Clubes

63

Jogos

5700

Minutos de futebol

700

Jogadores

Galeria de Fotos

Novo Aarão Reis x Inconfidência - 06/01/2019

Novo Aarão Reis x Inconfidência - 06/01/2019

Vasco x Imperial - 06/01/2019

Vasco x Imperial - 06/01/2019

Vasco x Retiro - 02/01/2019

Vasco x Retiro - 02/01/2019

Novo Aarão Reis x Cachoeirinha - 02/01/2019

Novo Aarão Reis x Cachoeirinha - 02/01/2019

Brumadinho x Vila Nova - 30/12/2018

Brumadinho x Vila Nova - 30/12/2018

Novo Cristina x Tangará - 23/12/2018

Novo Cristina x Tangará - 23/12/2018

Inconfidência x Jonas Veiga - 23/12/2018

Inconfidência x Jonas Veiga - 23/12/2018

Vila Nova x Frigoarnaldo - 16/12/2018

Vila Nova x Frigoarnaldo - 16/12/2018

Nacional x Inter - 16/12/2018

Nacional x Inter - 16/12/2018

História

Conheça a história da Copa Itatiaia Kaiser

  1. Na intertemporada de 1961 e 1962, a Rádio Itatiaia comemorava sua primeira década de funcionamento. Para celebrar a data, foi sugerido que a emissora organizasse um torneio de futebol com 12 times amadores de Belo Horizonte. Não há registros de quem teve a ideia de criar a competição, mas ela foi prontamente aceita pelos dirigentes da rádio. Para o fundador e patrono da emissora, o jornalista e radialista Januário Laurindo Carneiro (1928-1994), a iniciativa tinha um sentido simbólico. Januário ainda se lembrava com carinho das manhãs de domingo da sua juventude, quando saía de casa com o velho par de chuteiras debaixo do braço, enrolado numa folha de jornal, para disputar memoráveis partidas nos campos de terra da periferia, defendendo a briosa equipe do Avante, do bairro Serra, em Belo Horizonte.

  2. O sucesso da promoção foi enorme. Nos anos seguintes, a emissora se viu obrigada, por pressão dos esportistas e dos próprios ouvintes, a reeditar o evento. A Copa Itatiaia se tornou o maior torneio de futebol amador do país e uma referência para os "atletas de fim-de-semana", preenchendo o vazio do calendário no período de férias dos atletas profissionais. Diversos jogadores foram revelados na Copa Itatiaia, entre os quais alguns com passagem pela Seleção Brasileira, como Toninho Cerezo, Paulo Isidoro, Marinho, Bruno Henrique, entre outros. Também na Copa Itatiaia, foi revelado Márcio Rezende de Freitas, árbitro brasileiro na Copa do Mundo de 1998, na França.

  3. "A Copa Itatiaia é a celebração máxima do futebol amador. Todos os anos os clubes disputam suas ligas municipais com a motivação de conseguirem uma vaga no torneio. É também a valorização das comunidades de Belo Horizonte e Região Metropolitana, que se sentem representadas e vão aos campos apoiar suas equipes. Uma verdadeira festa para quem gosta de futebol e que, neste período de férias dos profissionais, têm a oportunidade de se manter conectado ao esporte. Sem esquecer que é uma grande oportunidade para revelar talentos, como já ocorreu várias vezes. Um evento não chega aos 58 anos à toa", afirma a diretora de Esportes da Itatiaia, Ursula Nogueira.