Ursula Nogueira

Coluna da Ursula Nogueira

Veja todas as colunas

Bem-vindo de volta, Judivan

A bola no fundo das redes não era apenas um gol. Era muito mais que isso!

16/11/2017 às 08:17

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Foram dois anos e cinco meses de espera. Seis cirurgias, 912 dias longe do calor da torcida. Depois de muita ansiedade e preparação, o atacante Judivan voltou aos gramados na última quarta-feira (15), diante do Avaí, no Mineirão. 

O camisa 14 entrou em campo aos 29 minutos do segundo tempo ovacionado pelo torcedor, que vibrou com seu retorno. Logo após a sua entrada, o árbitro da partida marcou um pênalti a favor da equipe celeste e o torcedor não pensou duas vezes: gritou o nome de Judivan. Ele foi lá e fez a alegria da nação 5 estrelas. 

A bola no fundo das redes não era apenas um gol. Era muito mais que isso! Significava a volta por cima de um atleta que quase teve sua carreira interrompida após uma atitude irresponsável do uruguaio Maurício Lemos. A lesão foi em junho de 2015, durante a partida entre Brasil x Uruguai, no Campeonato Mundial Sub-20, na Nova Zelândia. Nos últimos dias, o atacante recebeu uma mensagem de apoio justamente do defensor uruguaio, divulgado no Twitter oficial do Cruzeiro: “Judivan, estou muito feliz pela sua volta aos gramados. Queria desejar tudo de bom para você e para sua família. Espero que possa voltar seguir a sua carreira. Saiba que foi sem querer o que aconteceu, estou torcendo por você. Te desejo ânimo e espero que volte da melhor maneira e possa fazer o que você sabe e o que é muito bom. Um forte abraço, irmão”.

Após a lesão, Judivan viveu um verdadeiro calvário. A angústia de não poder jogar e pior: não saber se poderia voltar. Nestes momentos, o único refúgio foi a família, que o acompanhou em todos os momentos. E nada melhor do que comemorar o gol, dedicando-o para a filha de um ano e oito meses. Só quem passa por momentos difíceis como este sabe a força que tem o sorriso de um filho. Judivan, eu te entendo!

Ainda nessa quarta, o atleta do Cruzeiro recebeu uma mensagem de Gabriel Jesus, jogador do Manchester City, pelas redes sociais. Pelo Instagram, o atacante da Seleção Brasileira parabenizou Judivan pelo retorno aos gramados. Gabriel Jesus formava a dupla de ataque brasileira com o cruzeirense na fatídica partida que lesionou o jogador celeste. 

É preciso perseverar, em tudo que fazemos. A história do camisa 14 do Cruzeiro é inspiradora e merece ser contada para muita gente. Ele não desistiu. Ele venceu. A história dele poderia ter ficado pela metade, se tivesse deixado tudo de lado, quando passou por todas as cirurgias. Mas não! Ele fez diferente!

Nem sempre vencer é ganhar. Contra o Avaí, o Cruzeiro não ganhou. O Cruzeiro venceu! Venceu a dor, a espera, a fisioterapia, a mesa de cirurgia. E todos nós ganhamos a oportunidade de vivenciar o futebol acontecendo na sua mais pura essência: a de gerar emoção. 

Ver a cena do Judivan sendo abraçado por todos os jogadores e ter seu nome ecoado no Mineirão foi de arrancar lágrimas de qualquer um. Futebol é isso! 

Seja bem-vindo de volta, Judivan! O futebol é o seu lugar! Continue a sua história!

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ #ItatiaiaNaCopa #ItatiaiaACaminhoDaCopa No 'Itatiaia a Caminho da Copa' dessa semana, Éder Aleixo fala sobre a i… https://t.co/4sLnA8xnlA

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️ Diante do Fluminense, atacante David comemora estreia, mas lamenta derrota. Confira: 👉 https://t.co/tBtyKdmj13 https://t.co/k3KVZuaH9n

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Neste domingo, 22 jovens foram presos e apreendidos em baile funk em Esmeraldas. A festa estava regada à álcool, drogas e arma de fogo. Ouça a reportagem completa com Patrick...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️ #ItatiaiaNaCopa Confira as revelações exclusivas de Éder Aleixo sobre a Copa do Mundo de 1982, o legado que aquele time deixou e sua expectativa pela vitória brasileira na ...

    Acessar Link