Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

Viva o retrocesso...

16/01/2018 às 10:57

Bruno Cantini/Divulgação

Relendo a tabela de jogos do Campeonato Mineiro, é muito fácil constatar erros absurdos de avaliação.

Muitas coisas não dependem mais dos clubes, nem da Federação Mineira, mas marcar dois jogos para o mesmo dia no Independência, sendo um deles o superclássico Atlético x Cruzeiro, chega às raias do absurdo.

O jogo, no dia 4 de março, está programado para as 11h.

À tarde joga o América, no mesmo local, contra o Democrata de Valadares. Não seria mais lógico uma inversão? Outra coisa, não menos importante: o Atlético insiste em perder dinheiro jogando no Horto, e até aquela mística de que o estádio ganha jogo já não existe mais.

Imagine o superclássico com novidades dos dois lados, num grande palco, para 40 ou 50 mil pessoas, domingo à tarde.

Imagine esse jogo no Independência, 11h. É de doer.

A temporada é muito boa em programação esportiva e cabe aos clubes pensar grande, voltando ao grande palco da Pampulha.

É certo que o Mineirão precisa de uma readequação para atender melhor a torcida, discutindo em alto nível o que é necessário, e pode melhorar atacando dois pontos importantes: trânsito e estacionamento.

O novo presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, já revelou a intenção de mudar a filosofia da entidade em muitos aspectos e está enxergando a realidade do clube sem distorções.

O Galo e o Cruzeiro estão com passivos enormes e criando um vácuo gigantesco entre receita e despesa. Vai dar errado.

Os clubes são obrigados a apresentar o balanço de cada ano, e isso deve estar sendo preparado para divulgação.

Prestem atenção no buraco em que estão metidos os nossos principais clubes.

Voltando ao início: Atlético e Cruzeiro no Independência, 11h de domingo?  

Ainda dá tempo de mudar.

 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link