Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

A distância é grande

Quando o futebol de Minas não aceita essa avalanche paulista, temos que tirar o chapéu

19/10/2018 às 12:46
A distância é grande

O processo foi lento, mas nos últimos anos tornou-se gritante a diferença entre São Paulo e os demais estados brasileiros, aí incluindo principalmente Minas.

Perdemos empresas importantes, pujança financeira, bancos, empresas de varejo, construtoras e muito mais.

Estamos divagando na área financeira para chegar ao grande fato do esporte da última quarta-feira (17), quando o Cruzeiro conquistou a Copa do Brasil pela sexta vez, contra nada mais nada menos do que o Corinthians. 

Vejam bem: o adversário celeste está plantado no maior centro financeiro da América Latina, tem cerca de 30 milhões de torcedores e, se não bastasse, “ganhou” um estádio luxuoso para receber a Copa de 2018.

Quando o futebol de Minas não aceita essa avalanche paulista e resolve encarar competições nacionais contratando talentos, apostando no profissionalismo puro, temos que tirar o chapéu e celebrar.

Outra coisa importante: o Cruzeiro na decisão mostrou elenco e time em campo melhores do que o Corinthians. As cotas de TV, o mercado publicitário, as placas nos estádios, a mídia nacional que tem base em São Paulo, isso valoriza ainda mais o feito cruzeirense e cobra do seu rival, o Atlético, a mesma filosofia.

O futebol mineiro com três times na primeira divisão e disputando com os paulistas e cariocas as grandes competições merece o reconhecimento de todos. E isso a torcida do Cruzeiro reconheceu na comemoração do hexa, inundando BH com um mar de cores azuis e louvando um time e um título com toda justiça.

A distância BH/SP é enorme, mas a paixão do mineiro é maior.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    🎙📢💻 O #ItatiaiaTPC segue no ar e quer saber: Você sabe o que seus filhos estão acessando na internet ou você não te… https://t.co/hO4csiDGPy

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Resultados anteriores têm mostrado que mais da metade dos alunos de 8 anos não consegue localizar informações em textos de literatura infantil ou escrever corretamente palavra...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Segundo o Inep, mesmo mais caro do que o ano passado, o valor cobrado é abaixo do custo real do exame, que é de R$ 106,59

    Acessar Link