Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

Neymar x Cristiano Ronaldo

15/02/2018 às 05:30


Em dezembro de 2011, em Yokohama, no Japão, houve a decisão do Mundial de Clubes entre Barcelona e Santos.

A imprensa brasileira não se cansava de anunciar o duelo Neymar x Messi.

Neymar jogava no time comandado por Muricy Ramalho e tinha como companheiros, entre outros, Ganso, Arouca, Dracena e Henrique. O Barcelona de Pep Guardiola jogava com craques conhecidos, como Piqué, Puyol, Iniesta, Xavi e Messi (o melhor em campo).

O resultado foi uma goleada de 4x0 dos espanhóis, com Neymar jogando mal e tentando resolver tudo sozinho.

Na última quarta-feira (14) houve uma história parecida.

O mundo não parou de falar do duelo entre Paris Saint Germain e Real Madrid, no Santiago Bernabéu, pela Liga dos Campeões. Novamente, para os brasileiros deslumbrados, seria a prova definitiva de que Neymar é melhor que Cristiano e já merece há muito tempo o título de melhor do mundo.

O português decidiu o jogo, mostrou toda a sua capacidade de golear nos momentos decisivos, mesmo já batendo na casa dos 33 anos de idade.

Neymar  foi chamado de “Neymal” pela imprensa europeia e recebeu como média a nota 4 pela atuação.

Muita gente ainda pensa que o Brasil tomou de 7x1 da Alemanha, no Mineirão, porque Neymar não estava em campo.

Resumo da história: como não temos hoje, entre os jogadores brasileiros que atuam aqui ou no exterior, nenhum com as qualidades de Neymar, criou-se em torno dele a mística de que o Real Madrid compra votos para eleger Cristiano Ronaldo, o melhor do mundo.

O aviso que chega neste momento da atuação de Neymar no PSG é que a sua fama de menino mimado está cada vez mais visível e o seu egoísmo em campo, desconhecendo o futebol coletivo, imaginando resolver tudo sozinho, merece uma advertência (quem sabe do Tite).

O Brasil vai precisar muito dele na copa da Rússia por ser um fora de série e precisar colocar um título mundial no seu currículo. 

O jogo Real Madrid 3x1 PSG e o show de Cristiano Ronaldo baixam a bola dos nossos ufanistas. Neymar é muito, mas não é tudo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Não existe ajuste fiscal nos Estados sem a reforma', diz secretário de Fazenda de Minas https://t.co/bgSEiugyoy https://t.co/rGdwub0Xjd

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Volante estava emprestado pelo Real Madrid até o próximo domingo (30), mas foi liberado nesta terça-feira e não treina mais na Toca da Raposa II

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Segunda Turma do STF julga pedido de soltura do ex-presidente.

    Acessar Link