Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

O Guará de sempre

Festa de encontros, conversas, troca de informações e celebração de jogadores, dirigentes e clubes que fizeram a nossa temporada em 2017

30/01/2018 às 03:57

Os grandes destaques do futebol mineiro receberam na última segunda-feira (29) o Troféu Guará, edição 55.

Festa de encontros, conversas, troca de informações e celebração de jogadores, dirigentes e clubes que fizeram a nossa temporada em 2017. Vale registrar duas conversas importantes com os presidentes do Cruzeiro e Atlético.

Wagner Pires montou uma nova cúpula no Cruzeiro, investindo forte na expectativa que o sucesso técnico na temporada pode trazer um retorno inevitável, e, por consequência, a venda de um ou outro jogador importante, também inevitável.

Wagner, como todo dirigente de clube no Brasil, anda preocupado com o custo atual do futebol e pensa no quase impossível: fazer time de alto nível baixando custos. Isto é quase uma mágica.

Sérgio Sette Câmara atua em frente oposta. Ao ser anunciado provável presidente, no fim do ano passado, já deixou recado com pontos fundamentais: diminuir a folha, rejuvenescer o time e cuidar com carinho e investimento da base.

A folha caiu de R$ 14 milhões para R$ 11,5 milhões, mesmo com as contratações, mas há ainda contratos longos a vencer de jogadores caros que não estão nos planos: Roger Bernardo, Adilson e Felipe Santana, entre outros.

O presidente do Galo está apostando no planejamento de comissão técnica e dá um crédito muito grande ao preparador físico Paulo Paixão, ao técnico Oswaldo de Oliveira e aos demais.

Valeu a festa. Vale o nosso muito obrigado aos que trouxeram o Troféu Guará até aqui com toda credibilidade possível. A temporada promete. Nada em qualquer lugar funciona, se você gasta mais do que arrecada. Esta é a nova ordem. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link