Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

Campeonato Brasileiro, apito final

04/12/2017 às 12:18
Campeonato Brasileiro, apito final

Está finalizada mais uma temporada do futebol brasileiro e ficam no ar algumas considerações que não mudam classificação e nem o mérito de quem levou a melhor.

Restam ainda os jogos do Flamengo na Copa Sul-Americana (com o Galo rezando) e a participação do Grêmio no Mundial de Clubes.

Felizmente, não está no calendário de 2018 a malsucedida Primeira Liga.

O Campeonato Brasileiro sofreu a concorrência da Copa do Brasil, da Libertadores, da Sul-Americana e dos jogos da Seleção Brasileira nas eliminatórias e nas datas Fifa. E com tudo isso, mesmo assim, a nossa principal competição resistiu.

São Paulo ficou com as três primeiras colocações: Corinthians, Palmeiras e Santos, e o Grêmio só foi quarto porque teve outras prioridades. O Cruzeiro ficou em quinto, entra na fase de grupos da Libertadores, e levou a Copa do Brasil, um título difícil e muito valorizado pela qualidade dos adversários.

Ao Atlético, nono colocado, fica o gosto amargo de uma temporada de poucas alegrias com a incrível campanha no Brasileiro, onde ganhou mais pontos fora do que em casa.

A eliminação na Libertadores para o Jorge Wilstermann, a perda da Primeira Liga para o Londrina, a eliminação na Copa do Brasil para o Botafogo doeram muito na alma atleticana.

A dificudade de vencer os meninos do Grêmio na última rodada deixa claro que o “melhor time do Brasil” foi utopia. Um novo Atlético precisa ser construído para 2018. O ano que chega traz um calendário com jogos em pouco espaço de tempo, e depois uma parada para a Copa do Mundo. Por isso, time é uma coisa, elenco é outra, mas os dois precisam andar juntos.

Temos o América na Série A, que foi uma grande notícia para o futebol de Minas no ano que termina. O slogan da Itatiaia antes era “acredita, América”, agora ele muda para “fica, América”.

Atlético e Cruzeiro viram o ano com novas diretorias, novas ideias e muitas dúvidas. Os técnicos permanecem, o que é muito bom.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "Minha vitória foi ainda maior do que o pensado", afirmou.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    À polícia, os menores disseram que recebiam entre R$ 5 e R$ 50 para ter relação sexual com o suspeito.

    Acessar Link