Edu Panzi

Coluna do Edu Panzi

Veja todas as colunas

Esportes

Torcida no estádio é a maior vantagem?

09/09/2021 às 10:44

Nos últimos dias, a discussão que toma conta das mesas redondas de futebol das TV’s e rádios é sobre a volta do público aos estádios de futebol, e uma palavrinha diferente, muito utilizada entre os juristas, surgiu em todos os debates: isonomia. A isonomia, dentro do direito, nada mais é do que a equalização das normas e dos procedimentos jurídicos entre os indivíduos, garantindo que a lei será aplicada de forma igualitária entre as pessoas, levando em consideração suas desigualdades para a aplicação dessas normas.

Particularmente eu acho injusto, dentro de uma mesma competição, uma equipe jogar com a presença do público em seu estádio e seus adversários, quando mandantes, jogarem sem a torcida nas arquibancadas. É uma boa discussão, com ótimos argumentos por parte daqueles que são contra e dos que são favoráveis, mas o fato é que sim, há uma vantagem para os clubes que podem ter o seu torcedor no campo, em relação aos que não podem. Muitos usam o princípio da isonomia para defenderem direitos iguais, outros se apegam ao regulamento de cada competição e às normas sanitárias de cada região para chancelarem a volta das torcidas, ainda que não seja para todos. 

Mas vamos lá, se o princípio da isonomia chegou ao futebol arrombando a porta, com opiniões fortes, cobrando ética, empatia e a igualdade por parte dos clubes quanto a volta dos torcedores em algumas praças, enquanto em outras ela segue proibida, com um dos argumentos sendo a chamada “vantagem técnica”, por que os mesmos discursos nunca foram tão enfáticos a respeito do “FairPlay financeiro” e da distribuição “justa” de cotas, inexistentes no futebol brasileiro? Na opinião deste jornalista, vantagem boa mesmo não é ter 5, 10 ou 20 mil pessoas gritando na arquibancada, mas é ter em campo uma folha de R$ 15 milhões contra uma de R$ 3 milhões; vantagem real é receber R$ 120 milhões em cotas e seu adversário embolsar metade; vantagem grande é ter seus jogos na TV aberta a cada fim de semana, mostrando seus patrocinadores, enquanto seu rival joga apenas sábado ou domingo à noite, no canal pago.

As vantagens financeiras e de exposição sempre estiveram aí, debaixo dos nossos narizes e o discurso pela isonomia nunca teve a metade da força que tem tido agora, quando o tema é a presença de público nos estádios. Se todos trouxéssemos para as nossas vidas o discurso lindo e inflamado sobre empatia e isonomia que bradamos quando o assunto é futebol e a volta do público, certamente teríamos um mundo mais justo pra maioria, mas essa é outra (e muito mais importante, mas utópica, eu diria) discussão.

Voltando ao tema desportivo e para encerrar este artigo, deixo uma reflexão: por exemplo, em confrontos Flamengo x Bahia, Atlético x Ceará e Palmeiras x Athletico/PR, nos quais baianos, cearenses e paranaenses poderiam ter torcida em seus estádios e cariocas, mineiros e paulistas não, em quem vocês apostariam uma graninha em jogos classificatórios de ida e volta? Quem tem a maior vantagem, os times milionários, com estrelas em campo e com folhas salariais astronômicas ou as equipes mais modestas, porém com o calor humano e o apoio das arquibancadas? 

O Flamengo ganhou o Brasileirão com torcida (2019) e sem ela (2020). Venceu o time mais forte, com jogadores mais decisivos. A Itália foi a Londres e levantou a Euro 2020, diante de milhares de ingleses. A Argentina bateu o Brasil na final da Copa América no Maracanã, com público (ainda que reduzido). A Alemanha fez história contra o Brasil em um Mineirão abarrotado de brasileiros, assim como o Uruguai em 1950. Torcida ajuda, é legal pra caramba e traz renda (na minha opinião o mais importante argumento), mas o diferencial pra ganhar campeonatos está dentro das quatro linhas: time bom.

Que tal ampliarmos a discussão e cobrarmos diariamente mais isonomia e equilíbrio naquilo que realmente pode decidir competições ($$$)? 


Edu Panzi é jornalista e comentarista esportivo na Rádio Itatiaia

Siga @edupanzi no Twitter

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link