Cadu Doné

Coluna do Cadu Doné

Veja todas as colunas

O ótimo mercado do Cruzeiro

Unindo continuidade e boas aquisições, o elenco do Cruzeiro tornou-se, tecnicamente, mais forte para 2018.

04/01/2018 às 08:22

Ao longo de 2017 falei algumas vezes que o elenco do Cruzeiro foi subestimado por boa parte da imprensa. Além do ótimo mercado feito pela Raposa, no que se refere aos jogadores que chegaram – aqui me atenho à avaliação técnica; podemos entrar na seara dos negócios, do custo-benefício em outro momento –, há um fator importante, pouco observado, que é extremamente positivo para a torcida celeste: manutenção; continuidade. O Cruzeiro perdeu, a rigor, somente um titular – Diogo Barbosa. Para a posição dele, dois nomes foram contratados. Noves fora a reposição, e deixando claro que Barbosa é bom jogador, por inúmeras razões, convenhamos, não dá para dizer que a saída dele tenha potencial de ser tão decisiva assim.

Com todos os fatores mencionados, a priori, pode-se afirmar: em termos de elenco/comissão técnica, de potencial, o cenário para o Cruzeiro apresenta-se animador para a próxima temporada. Se esta perspectiva vai se confirmar, óbvio, é outro papo. Acaso, liga entre as peças, milhões de variáveis que interferem em resultados e desempenho...

A expressão “contratações pontuais” tornou-se extremamente banalizada nos últimos anos. Uma espécie de platitude. Por esse motivo, sequer costumo utilizá-la. Pegando a ideia por trás destas palavras batidas, porém, temos um gancho, mais um reflexo positivo para o trabalho cinco estrelas no mercado até aqui: falava-se que Mano precisava, sobretudo, de um lateral direito e um centroavante; de novo, me limitando ao exame estrito dos atributos dos atletas, e tendo em vista sempre a realidade do futebol brasileiro de clubes, Edílson e Fred me parecem duas das melhores soluções possíveis e imagináveis para estas lacunas.

Saindo do campo dos decantados defeitos do grupo, entrando na área, digamos, de trocas onde não se estava mal servido, vale dizer: Hudson é bom; mas Bruno Silva é melhor. Na lateral esquerda, além das reflexões já feitas, acrescentaria que, se as duas aquisições não enchem os olhos de cara, necessário é lembrar-se da quase total inexistência de alternativas para esta função, e que até num reserva superior a Bryan a diretoria pensou – e bem. Sobre Alisson/David, apontaria o seguinte: tenho uma amostragem infinitamente maior de jogos observados do primeiro do que do segundo; por esta razão, confesso, careço das condições ideais para realizar uma comparação mais firme; dito isso, possuo a impressão de que o ex-Vitória é mais consistente do que o novo jogador do Grêmio; mais físico e completo, em certo sentido – portador, por exemplo, de capacidade superior para trabalhar fora da faixa esquerda, setor preferido de ambos.

Longe das quatro linhas, recordemos, uma contratação, esta sim, sobre a qual podemos opinar taxativamente: Marco Antônio Lage; um acerto retumbante! E no departamento médico, um nome elogiado por muita gente da minha confiança: Sérgio Campolina – não me sinto apto para avaliá-lo pessoalmente como no caso de Lage, por saber menos da área e do profissional; mas o endosso efusivo de pessoas cujas opiniões respeito bastante, confirme dito, me deixa com excelentes presságios.    

Feito todo o exposto, com todas as mencionadas mudanças, e a melhora significativa do plantel, restam as dúvidas de como Mano montará sua equipe. Bruno Silva será titular imediatamente? Se sim, como segundo volante ou meia pela direita – em ambos os casos, “roubaria” vaga de alguém prestigiado pelo comandante (Cabral ou Robinho)? E o dilema a respeito do qual tratei tanto no ano passado – o encaixe de Thiago Neves e Arrascaeta, juntos? Tentará Mano adaptar um deles ao flanco esquerdo? Mudará o sistema para uni-los? Ou deixará o uruguaio no banco para escalar David? Ótimas opções, dúvidas instigantes... Que o Estadual e a pré-temporada sejam ferramentas para que estas importantes decisões sejam tomadas com a melhor fundamentação/maior amostragem possíveis.  

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link