Anônimo

Coluna do Anônimo

Veja todas as colunas

O amadorismo ordenado

Mas aí eu te pergunto: quem sou eu para falar de Conmebol, se tenho como representante a CBF? Quem somos nós, senão macacos sentados no próprio rabo.

30/11/2018 às 05:30

Amigos, já não sei qual é o motivo de vocês para gostarem de futebol. O esporte de massa, coletivo, está cada vez mais individualizado. Cada vez mais em menos mãos ao invés de muitos pés. Vejam só os últimos acontecimentos. Vou ter que listá-los em uma única e semelhante desordem.

Os times brasileiros foram nitidamente prejudicados na Libertadores. A Conmebol dormiu sonhando com a finalíssima entre os rivais argentinos, River Plate e Boca Juniors, e acordou com muita chuva, brigas e atrasos. Para resolver, mandou a final lá para a Europa, no estádio do Real Madrid, possível adversário do argentino que for campeão e se classificar ao próximo e mais importante torneio, que não à toa chama-se Mundial. Daí você vê a importância que se dá a nós: brasileiros preteridos pelos argentinos preteridos pelos europeus.

Mas aí eu te pergunto: quem sou eu para falar de Conmebol, se tenho como representante a CBF? Quem somos nós, senão macacos sentados no próprio rabo. A nossa gestora, meus caros, ficou com inveja da bagunça na sala e veio bagunçar o nosso quarto. É claro que o Fluminense, filho-querido-rebelde, está no meio da baderna. Com ele, o Flamengo, filho-querido-querido. E, para não sair muito do contexto dos mandantes x injustiçados, temos, nós, dois mineiros, filhos-bastardos-ou-apenas-indesejados, envolvidos na fuzaca. 

Pensem vocês que o América, com a corda do rebaixamento no pescoço, teve que pensar também na falta de campo para enfrentar o Fluminense, enquanto o Atlético, que tava tranquilo e preparando sua festa para o próximo domingo, teve que mudá-la para sábado. Aliás, foi avisado sobre a mudança. Em uma rodada em que todos os jogos são no mesmo horário, a CBF coloca os rivais Fla e Flu de mandantes. Aí só podia dar em Conmebol mesmo.. digo, em bagunça. 

Parece novas cenas de filme antigo. É sempre de esperar esse tipo de coisa dessas entidades do futebol profissional. Temo e me entristeço quando comparam essas atitudes ao futebol amador. Amigos, não façam isso com as competições menos favorecidas de dinheiro, mas que abastecem e mantêm vivo o nosso futebol raiz. 

“O futebol profissional exige dinheiro, mas não só dinheiro. Ele implica em algo mais, ou seja: implica nos tais valores gratuitos que conferem a um jogo, a uma pelada, a uma dimensão especialíssima. Um match representa algo mais que pontapés. Participam da luta dois clubes e todos os seus bens morais, afetivos, líricos, históricos.” É, Nelson Rodrigues, demorei para te achar desatualizado. Essas coisas aí já não representam mais o nosso futebol, senão o dinheiro. 

Mas, pode-se ver, com a exceção das grandes cifras, todas essas características no futebol amador. Inclui-se aí a ordem, a coletiva organização. A Copa Itatiaia, por exemplo, já vai começar e não há nada que já não esteja decidido. Inclusive onde será a final. Por lá, e por todos os campos de terra, de barro, de areia, cascalho, grama ou sintético, nas quadras e tantos outros lugares onde o futebol se pratica longe do profissional, Nelson Rodrigues não perderia sua grande análise e então poderíamos apenas acrescentar um valor gratuito à perfeita definição sobre o futebol amador: a tradição.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Fifa desiste de Copa de 2022 com 48 seleções e mundial do Catar terá 32 participantes: https://t.co/l4U8uzSyuh https://t.co/4NErLAxlMH

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    As principais doenças relacionadas à glândula são hipertireoidismo, quando há excesso de hormônio da tireoide, hipotireoidismo, quando há redução de hormônio, nódulos e bócio ...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Há mais de quatro meses, moradores de Barão de Cocais tiveram suas vidas completamente alteradas por causa do risco de rompimento da barragem Sul Superior, na mina Gongo Soco,...

    Acessar Link