Álvaro Damião

Coluna do Álvaro Damião

Veja todas as colunas

Que venha 2019 e seus planejamentos

O futebol virou um negócio e todo negócio de sucesso precisa de um planejamento...

04/12/2018 às 11:24
Que venha 2019 e seus planejamentos

A bola não vai rolar mais para América, Atlético e Cruzeiro neste ano de 2018, mas há muito o que se fazer nestes últimos dias do ano. Os jogadores já estão curtindo férias, postando fotos em praias, aproveitando a família, e tudo isso é mais que merecido. Enquanto isso, as diretorias dos clubes irão trabalhar incansavelmente para o tal “planejamento” do próximo ano. 

É mais do que sabido que um time de futebol vive de títulos e vitórias, mas precisamos aprender a diferenciar o time, do clube. O futebol virou um negócio e todo negócio de sucesso precisa de um planejamento. Seja tático, seja financeiro, a longo ou a curto prazo.

Se pararmos para analisarmos os três principais times mineiros, logicamente o Cruzeiro teve o melhor ano. Foi campeão mineiro, bicampeão da Copa do Brasil e classificado para a fase de grupos da Libertadores. Só o título da Copa do Brasil rendeu aos cofres celestes R$ 62 milhões, dinheiro suficiente para conseguir realizar um bom projeto para buscar o tricampeonato da Libertadores, no próximo ano. Talvez seja a hora de se investir um pouco mais no ataque! Este foi o pior ponto do Cruzeiro durante o ano de 2018. O atacante com mais gols na temporada, foi Raniel, com nove gols. O que mais chama a atenção é que Raniel não é jogador titular. Os artilheiros do time: Thiago Neves e Arrascaeta, cada um com 15 gols. É importante ressaltar que tanto Thiago Neves quanto Arrascaeta são meias. Ou seja: há algo errado e que precisa de ajustes. 

Na Cidade do Galo, embora a torcida não tenha ficado muito satisfeita, acho que o ano não foi dos piores. Embora tenha perdido o Campeonato Mineiro, tenha  sido eliminado da Sul-Americana e da Copa do Brasil, e com isso, deixado de faturar uma boa grana, o projeto do presidente Sérgio Sette Câmara para 2018 era de colocar a casa em ordem. Se viessem títulos? Maravilha, mas o foco não era esse. Ainda com tudo isso, o Galo conquistou a vaga para a fase preliminar da Libertadores e, a partir de agora, tem sim obrigação de lutar por um título de expressão no próximo ano. A diretoria já conhece os trâmites do clube, já teve o orçamento aprovado, e tem o elenco controlado. Agora chegou a hora de dispensar quem não rendeu e buscar novas peças no mercado, mas de maneira inteligente. 

Ao América, nada de surpresas em relação ao rebaixamento. Não houve um bom projeto de permanência na Série A. Esta é a única verdade. O Coelho precisa ser tratado com mais profissionalismo, com pessoas que entendam que o futebol de Série A é muito diferente da Série B. Ou se investe com muita inteligência ou volta pra segundona. E foi isso que aconteceu! 2019 será um ano de muita reflexão para a diretoria alviverde. 

Tamo junto e até a próxima!

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Fifa desiste de Copa de 2022 com 48 seleções e mundial do Catar terá 32 participantes: https://t.co/l4U8uzSyuh https://t.co/4NErLAxlMH

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    As principais doenças relacionadas à glândula são hipertireoidismo, quando há excesso de hormônio da tireoide, hipotireoidismo, quando há redução de hormônio, nódulos e bócio ...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Há mais de quatro meses, moradores de Barão de Cocais tiveram suas vidas completamente alteradas por causa do risco de rompimento da barragem Sul Superior, na mina Gongo Soco,...

    Acessar Link