Álvaro Damião

Coluna do Álvaro Damião

Veja todas as colunas

Galo, Raposa e o ano de 2018

Espero que Atlético e Cruzeiro façam um 2018 digno de muito futebol e emoção nos gramados, que os bastidores do futebol não tomem os holofotes das grandes competições

09/01/2018 às 05:50

A temporada 2018 promete ser bastante diferente para o Atlético. Engana-se quem pensa que, por estarem fora da Copa Libertadores, os jogadores terão vida fácil neste ano na Cidade do Galo.

O calendário segue apertado, e a pressão aumentou: o presidente Sérgio Sette Câmara já disse em entrevista que está focado na busca pelo título do Brasileirão.

No último domingo, o clube alvinegro anunciou a contratação por empréstimo do zagueiro Iago Maidana, de 21 anos. Este foi o sexto reforço anunciado pela diretoria do Galo, que já havia confirmado o lateral-direito Samuel Xavier, o volante Arouca e os atacantes Erik, Róger Guedes e Ricardo Oliveira. 

Ao que tudo indica, Maidana deve mesmo brigar pela titularidade com Leonardo Silva e Gabriel. Aí a decisão fica com o técnico Oswaldo de Oliveira. Que ele reflita e tome a decisão que for melhor para o grupo.

O torcedor atleticano espera um elenco competitivo para buscar o título inédito da Sul-Americana e o bicampeonato do Campeonato Brasileiro. Experiência e qualidade o elenco tem, basta saber trabalhar! 

E é justamente esse o desejo da torcida. Levantar o caneco não é obrigação de nenhum time, mas honrar a tradição do clube e suar a camisa, sim! 

Por outro lado, o torcedor cruzeirense está ansioso pelo início dos jogos da Libertadores. A diretoria e os jogadores se preparam para buscar o tricampeonato da América. 

Ao meu ver, o Cruzeiro foi o time que melhor usou a janela de contratações para se reforçar. E isso é notório! Chegaram o lateral-direito Edilson, campeão da Libertadores com o Grêmio; os laterais-esquerdos Egídio (Palmeiras) e Marcelo Hermes (Benfica); o volante Bruno Silva (Botafogo); e os atacantes Fred (Atlético) e David (Vitória). 

Que o time celeste está competitivo, ninguém duvida. Inclusive, recentemente, o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, disse em entrevista coletiva que o time de Mano Menezes é o grande favorito de 2018. 

Convenhamos, o Palmeiras aprendeu com o erro do ano passado, quando se intitulava favorito para o título e acabou decepcionando. Afinal, é muito mais fácil transferir a responsabilidade para o Cruzeiro neste ano e tirar o foco dos erros alviverdes, mas isso não cola na Toca da Raposa! 

Jogadores e comissão técnica sabem do tamanho da responsabilidade que os aguarda nesta temporada e irão trabalhar pesado para fazer valer a tradição do Cruzeiro na Libertadores, mas sempre com o pé no chão. 

Espero que Atlético e Cruzeiro façam um 2018 digno de muito futebol e emoção nos gramados, que os bastidores do futebol não tomem os holofotes das grandes competições, e que o torcedor seja tratado como o maior patrimônio dos clubes.

Tamo junto e até a próxima!

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link