Eleições 2018

Arquivamento do pedido de cassação do mandato de Magalhães é dado como certo

Por Redação , 08/08/2018 às 07:52
atualizado em: 08/08/2018 às 12:50

Texto:

Foto: João Felipe Lolli/Itatiaia
João Felipe Lolli/Itatiaia
00:00 00:00

Mandato Wellington Magalhães deve ser salvo (João Felipe Lolli)

A Câmara Municipal de Belo Horizonte não deve cassar o mandato do vereador Wellington Magalhães (PSC). A informação foi apurada pelo repórter da Itatiaia João Felipe Lolli.  Apesar de a Comissão da Câmara de Vereadores ter aprovado nessa terça-feira (7) o pedido de cassação, nos bastidores da Casa o arquivamento é dado como certo.

Vereadores próximos a Magalhães trabalham para convencer os colegas a não votarem pela cassação. A estratégia da tropa de choque do vereador afastado é fazer com que os colegas se abstenham. Ou seja, nem sim nem não. Na avaliação de alguns aliados, a abstenção evitaria o desgaste com o eleitor, já que alguns vereadores vão concorrer a outros cargos públicos nas eleições de outubro. Outra estratégia é que o vereador falte no dia da votação.

Mesmo afastado, Wellington Magalhães recebe remuneração mensal de R$ 16.600. Magalhães está afastado da Casa desde abril. Ele, que chegou a ser preso, foi indiciado pelo Ministério Público como suposto chefe de um esquema que teria desviado R$ 30 milhões dos cofres da Câmara entre 2015 e 2016, quando presidiu o legislativo municipal.

28 votos 

O parecer que pede a cassação segue para o plenário, que reúne 41 vereadores. São 40 votantes, já que o presidente tem a prerrogativa de ficar fora. São necessários 28 votos para que o parlamentar seja cassado. A ideia do presidente Henrique Braga ( PSDB) é convocar quatro sessões extraordinárias para que em alguma delas o assunto seja votado. Isso pode ocorrer nesta quinta (9) ou sexta-feira (10). 

Últimas Notícias

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Moro nega no Senado conluio ou convergência com MP durante Operação Lava Jato https://t.co/8YiByPcVZb https://t.co/RrJTsGELQ8

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Para se defender da acusação de que houve conluio, Moro apresentou dados sobre as ações e sentenças da Lava Jato.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Benefício que perdeu quando foi flagrado, em outubro do ano passado, com duas mulheres e uma lata de cerveja na mesa em um bar de Varginha, no Sul de Minas.

    Acessar Link